Trailer de "12 Years a Slave", um forte candidato ao Oscar 2014


Segundo o GoldDerby, especializado em premiações, o drama de época 12 Years a Slave é um dos fortes candidatos ao Oscar 2014. O site aposta que além de Melhor Filme (Brad Pitt que está no elenco é um dos produtores), o longa pode ser indicado em mais dez categorias como Melhor Diretor (Steve McQueen), Ator (Chiwetel Ejiofor), Ator Coadjuvante (Michael Fassbender), Roteiro Adaptado, Fotografia, Edição, Direção de Arte e Trilha Sonora.

Baseado no livro homônimo escrito por Solomon Northup em 1853, o filme conta a história de um homem (Ejiofor) que, nascido livre, no Estado de Nova York, foi sequestrado e vendido como escravo – condição na qual ficou por 12 anos, no Estado da Louisiana, num período antes da Guerra Civil norte-americana. Ele reconquistou sua liberdade quando um advogado do Canadá, contrário à escravidão, conseguiu enviar cartas do escravo à esposa de Northup – iniciando um processo de tribunal que o libertou. A escravidão terminou oficialmente nos EUA em 1865:



O diretor McQueen (Shame) escreveu o roteiro em parceria com John Ridley. Paul Dano (Cowboys & Aliens), Benedict Cumberbatch (Além da Escuridão: Star Trek), Paul Giamatti (Cosmópolis), Sarah Paulson (Amor Bandido) e a pequena Quvenzhané Wallis (Indomável Sonhadora) também estão no elenco.

12 Years a Slave teve sua première no Festival Internacional de Toronto no início de setembro – onde saiu vencedor do prêmio do público – e chega ao circuitão norte-americano em 18 de outubro.