“To My Mother and Father”: curta de horror psicológico

Apesar do título carinhoso que parece um agradecimento, To My Mother and Father (Para Minha Mãe e Meu Pai), escrito e dirigido pelo inglês Can Evrenol, é um horrorzão psicológico tão gore que alguns censores mundo à fora estão espumando de raiva por causa dele.

Vencedor de vários prêmios em festivais especializados entre eles o de “curta-metragem mais perturbador do ano” no Fantasticfest 2010 (conceituadíssimo evento que acontece em Austin, Texas), o video mostra o que acontece quando um garotinho encontra uma máscara antiga e resolve se esconder no closet dos pais para dar um susto no casal. Assista:



  • sapao318

    sublime *o*

  • Kim

    #tenso!

  • DeHh

    muito tenso

  • cristiano william

    mas q porra foi essa?

  • @cause_this

    sério eu n entendi '-'

  • Patrick

    Muito bom, mas muito complicado. Da para tirar, pelo menos, uns 4 a 5 porquês sobre o ocorrido.

  • Pedro Pipe

    Isto renderia um ótimo terror para adultos. Pena que o cinema atual está mais preocupado em fitas slasher como Jogos Mortais, O Albergue e por ai vai…

  • Mari

    Eu devo ter algum problema porque não achei tão perturbador.

  • Lanette

    Assustador e corajoso pelo tema!

  • José

    WTF???????????

  • Ricardo

    não entendi pq ele virou monstro filme sem pé e sem cabeça perdi 8 minutos do dia!

  • Bruna

    Foi a coisa mais escrota que já assisti na vida. Sem mais.

  • jeff hardy

    duas perguntas: pq ele virou monstro, e pq ele mijou na calça?

    • oh santa ignorancia.. ele mijou por que ele ficou traumatizado com oque a mae dele e o pai estavam fazendo , e ele meio que "encorpora' um monstro e mata eles! pronto,só isso .-.

  • Adam

    Estava até que indo bem, mas depois… que horror!

  • Krause

    Parece aquelas explicações freudianas sobre traumas de sexo

    • Nanda

      Eu pensei nisso kkkkk
      Mas ainda to tentando entender porquê ele comeu o bebê e.e, tipo, deve ter alguma explicação além do terror pra isso.

  • leila

    que idiotice, sério. 8 minutos de vida perdidos

  • Pedro

    Que que foi isso!?

  • edsandro

    Nossa tão simples…. ele virou o que os pais eram pro dentro… monstros, e agiu como tal…. pessoas que usam uma mascara de forma humana mas que de humano n tem nada… os pais n viram a criança apenas um quarto trancado, nao se preocuparam e foram transar… ele apenas virou os pais eram por dentro e livrou seu irmão do memso destino, claro que tudo exageradamente macabro…. um marido que n toma atitude e uma mae que apela pro sentimentalismo para ambos não serem culpados….

  • @Cause_This

    alguém explica porque ele virou monstro, comeu o bebê, matou a mãe e foi atrás do pai? Tá os demônios foram pro psicológico dele mas não entendi o resto, porque o pai dele não fez nada?

    • Fernanda

      Deixar a mãe lidar com os problemas da criança, não importa o quanto isso a destrua, enquanto o pai fica paralisado pelo medo. Isso é bem comum, haha. Acho que foi isso que ele quis passar.

  • Marcela

    pobre Jamie viveu o pior dos pesadelos , ver os pais transando #tenso

  • Victor Davanco

    no comesso tava até sendo legal, mais depois q o muleke se trasforma fica um horror!

  • Karolina

    Nossa senhora! Muuito estranho, desnecessario, mas macabro mesmo. E tenso… Mas a explicação do Edsandro faz sentido…

  • jrrrrrrr

    Tava indo bem, mas ele se transformar em mostro comedor de criancinhas… meio nada haver, minha opnião.

  • Wanderson

    Até legal o inicio da história e o que ela tenta passar, mas passa de uma forma muito nada haver. “Uma criança que fica traumatizada por verem os pais fazendo sexo”, nossa isso foi tão aterrorizante que eu me eu fiquei até com medo! Existem muitas maneiras de se passar uma mensagem dessas sem o tamanho exagero. Se você nasceu e cresceu e durante sua vida ou sua infância todinha você nunca viu seus pais fazendo sexo, talvez, além de pais muito estranhos por serem muito cuidadosos, você realmente não entenderia, mas com certeza não causaria um trauma! Isso é fato! …agora se fosse algum relacionado a pedofilia até que sim.

  • Devian

    Literalmente “Comia ela e o Bebê!”

  • Michel

    Não há muito o que se explicar. Curtas assim são uma expressão artística da visão de quem o concebeu. Ele escolhe um tema e seu ponto de vista é transmitido através de alegorias. Seria como tentar entender algumas pinturas abstratas. Isso não Hollywood.
    Tem uma certa influência de David Cronenberg e faz lembrar um estilo chamado "no sense" que se encontra em alguns filmes do próprio Cronenberg ou de Louis Malle.

    Pra quem se interessar, procure assistir um filme relativamente recente chamado "Anticristo" de Lars Von Trier, protagonizado por Willem Dafoe e Charlotte Gainsbourg.
    Só não espere por um entretenimento convencional, pois segue esse tipo de "cinema-arte".

  • Duda

    O muleke vai virar um monstro assassino por causa do trauma.

  • filmes de terror estão tão fracos e sem futuro que coisas idiotas como esse filme ganham prêmios.
    Triste realidade desse gênero que se resumiu apenas a tripas de sangue.

  • wtf

  • edson- Itumbiara

    foda quando isso acontece…

  • Galliard

    O Getro é interessante. Tem um monte de redatores excelentes que encontram verdadeiras pérolas e tudo mais. Mas os leitores… olha o naipe dos comentários "nada HAVER esse filme". Parei por aí. Sem condições. Edsandro, só você achou simples o curta. Nem o diretor o achou. A interpretação mais plausível para o que foi exposto é uma alegoria Freudiana pautada na desconfiguração ou destruição do Complexo de Édipo. Recomendo ao Edsandro (que entendeu tudo de uma forma pseudointelectual, sem embasamento teórico algum, de forma prepotente e pueril) e a quem não entendeu o curta que leia sobre o Complexo de Édipo e a figura do Pai. Ou então, pode ir assistir o Gato de Botas, Lanterna Verde, Hangover, etc.

    • Sr. Elton

      Pelo que pude notar você tem certo domínio do tema…
      Eu entendo pouco sobre Freud, só aquilo que aprendi lendo por aí, mas enfim, o que eu quero saber mesmo é: porque ele devora o irmão?

      • Fernanda

        I'm laaaate, mas talvez o "devorar" seja a mesma coisa que "absorver", nesse caso. Logo, ele sempre verá/entenderá o irmão como algo nojento, fruto daquela coisa "horrorosa" que ele viu. Sou estudante de Psicologia, mas Freud e a Psicanálise em geral nunca foram minhas grandes paixões.

  • Galliard

    Ah, e para o jovem que acha que presenciar o ato sexual dos pais não é um evento traumático na vida de uma criança, recomendo estudar sobre os traumas da infância, fazer uma faculdade de psicologia ou medicina com especialização em psiquiatria…depois você pode opinar claramente a respeito do que traumatiza ou não uma criança. Fica a máxima de Aristóteles, "Se não sabe, fica calado".

    • Guilherme

      Wittgenstein dizia algo parecido "Aquilo de que não se pode falar tem de ficar no silêncio". Mas não me lembro de ter lido essa máxima em Aristóteles. Você poderia me dizer em que livro dele se encontra?

  • bruno

    falou tudo galliard nem tudo se explica so com e a legenda as imagens contam a propria historia cabe a pessoa que assisti entender

  • Hellen

    Se não fosse a transformação do menino ser tão trash e exagerada seria interessante. No fim, ficou engraçado de tão bizarro.

  • Lucas

    Esse filme é muito sem nexo…

  • Winchester

    ruim pra caralho, feioso, escroto, sem nexo, quando a mulher ta morrendo ela interpreta mal pra cacete, o feto era uma boneca fudida, 8 minutos gastos em vão.