Crítica: Cowboys & Aliens

Cowboys & Aliens

Reunir o eterno Indiana Jones e um dos melhores 007 de todos os tempos, colocá-los num palco western, com pitadas de “Dança com Lobos”, guerreando com um bracelete poderoso e pistolas típicas do gênero, é a ideia motriz de Cowboys e Aliens, novo filme de Jon Favreau (Homem de Ferro).

O longa, ambientado no final do século XIX é uma adaptação da graphic novel homônima de Scott Mitchell Rosenberg. Na trama, um forasteiro misterioso (Daniel Craig) chega a uma cidadezinha do Arizona onde a população está sendo abduzida e é obrigado a unir forças com um manda-chuva local (Harrison Ford) contra seres de outro planeta.

Este faroeste/ficção científica tem pontos positivos e negativos, que se equilibram no gosto dos cinéfilos dos dois gêneros tão distintos. A combinação água e óleo conta com uma dinâmica pouco interessante e vários clichês durante a projeção.

Daniel Craig é um bom condutor de personagens ao estilo “Bronco Bruto”; mas está se transformando numa espécie de Charles Bronson, sempre sisudo. Ford também não ajuda, interpretando forçadamente, não definindo o equilíbrio certo do seu personagem – quando ele aparece, parece que estamos sendo apresentados a Indiana Jones.

Salvam-se os coadjuvantes. Com um bigode à lá Poirot, Sam Rockwell (Lunar), sempre iluminado em seus papéis, atua muito bem e tira várias risadas do espectador; Paul Dano, que já mostrara seu talento no fantástico Pequena Miss Sunshine, começa o filme a mil por hora, com um diálogo melhor que o outro; Olivia Wilde (Tron – O Legado), sempre muito bela, deixa sua personagem um pouco distante da trama em alguns momentos, o que atrapalha no entendimento geral da história.

Assista ao filme sem criar muitas expectativas e talvez você se divirta. Quem tiver oportunidade, escolha uma sala Imax. A experiência sonora é inacreditável!

(3/5)
Cowboys & Aliens (Cowboys & Aliens)
Estados Unidos, 2011 – 118 min.
Direção: Jon Favreau. | Roteiro: Robert Orci, Alex Kurtzman, Damon Lindelof, Mark Fergus e Hawk Ostby.
Elenco: Daniel Craig, Harrison Ford, Olivia Wilde, Sam Rockwell, Paul Dano, Keith Carradine.

  • wesley

    Esse filme foi o segundo melhor que assisti esse ano, perdeu so pra cisne negro.

  • Rodrigo Garcia

    Esperei por muito tempo e a espera valew!

  • sonara

    vale a pena ver :*