Sozinho Contra Todos | Os Filmes Mais Perturbadores do Planeta #56

Quem está habituado com o cinema do franco-argentino Gaspar Noé (Irreversível), sabe que as suas obras costumam ser bem apelativas e tratam de temas tabus sem firulas. Em Sozinho Contra Todos, um dos seus primeiros longas-metragens, não é diferente. A figura central é o Açougueiro (personagem saído do curta Carne também dirigido por Noé), uma criatura violenta, misógina, que após cumprir 15 anos de prisão volta às ruas para destilar seu ódio contra a sociedade. Um filme nada palatável que trata de temas importantes como solidão, depressão e degradação humana.