Los Olvidados | Argentina também está investindo em horror


A América do Sul, de modo geral, não tem muita experiência no cinema de gênero, mas vem tentando acertar. Com Los Olvidados, a Argentina dá um passo largo nessa direção. A prévia é empolgante, com muitas referências e fotografia emulando os clássicos de horror dos anos 1970:

O filme tem como cenário Epecuén, uma das mais importantes vilas turísticas daquele país. Em 1985, ela foi inundada após o rompimento de uma barreira, ficando a aldeia submersa sob dez metros de água salgada. Trinta anos após esses eventos, um grupo de jovens cineastas vai até lá com o objetivo de filmar um documentário. As águas recuaram e as ruínas de Epecuén emergiram expondo uma paisagem desértica. Ignorando as advertências, o grupo acaba encalhado no lugar abandonado. Logo vão descobrir que as paisagens desoladas não foram as únicas coisas que as águas deixaram para trás.

Os irmãos Luciano e Nicolás Onetti (Sonno Profondo, Francesca) dirigem o thriller escrito em parceria com Carlos Goitia. A intenção dos cineastas hermanos é lançar o longa em outubro no mercado internacional com o título What The Waters Left Behind.