Os Filmes Mais Perturbadores do Planeta #41: Raw

Raw oferece uma crueza desconfortável – como o título em inglês sugere -, mas não justifica todo o hype que recebeu na internet por conta do fuzuê no Festival Internacional de Toronto em 2016. Embora trate o tema – canibalismo – de forma séria, envolto em muitas metáforas e simbolismos, a obra não descarta a violência gráfica. O gore está presente, mas não é explorado de forma banal como nos torture porns. Ainda assim uma experiência desconfortável e perturbadora que, certamente, vai embrulhar o estômago dos mais sensíveis.

  • Luiz Isipon

    Já está disponível para “locação”?