"Bite": público passa mal durante exibição do filme

Desde O Exorcista não se via uma notícia dessas: pessoas desmaiando, vomitando e passando mal numa sessão de cinema. Em se tratando de filmes de horror, isso é uma coisa positiva, ótima publicidade gratuita, sinônimo de que a produção presta. Foi o caso de Bite, exibido em 5 de agosto, último dia do Fantasia International Film Festival, que aconteceu em Montreal, no Canadá. A coisa foi tão feia que até uma ambulância foi chamada para atender o público.

O longa conta a história de Casey (Elma Begovic), uma garota que está prestes a se casar e é mordida por um inseto desconhecido, aparentemente inofensivo, durante sua viagem de despedida de solteira. Após voltar para casa, ela começa a exibir traços e comportamentos de inseto. Entre a transformação física e a ansiedade por conta do casório, a garota passa a colocar ovos(!) e se alimentar de carne humana. Quando sua transformação se completa, Casey descobre que também adquiriu a capacidade de infectar outras pessoas. Assista ao trailer:

A produção canadense conta apenas com atores desconhecidos. A direção é de Chad Archibald, produtor de pequenas pérolas de horror como AntiSocial e Hellmouth. Quem assistiu ao longa, garante que o terror é tão nojento quanto A Mosca, de David Cronenberg. Será? Se for mesmo o caso, a obra é uma forte candidata para o segundo Getroself com As Transformações Mais Nojentas do Cinema – assista aqui ao primeiro.

Bite estreia em outubro nos Estados Unidos.

  • Rafael Ferreira

    Vai precisar mudar seu top5 de transformações, Getro.

    • Hahaha… se for o caso, coloco “Bite” numa Parte 2!

      • Hyuriel Constantino

        kkk… Quero ver se esse filme é tão hardcore assim. Pelo trailer não deu pra ver nada demais.

  • Wagner Fernandes Silva

    Melhor mesmo é o clássico “Fome Animal”!!!

  • Mia MK.

    Vou esperar ansiosa por esse filme, espero ser tão nojento quanto A Mosca.xD