Filmes Mais Perturbadores do Planeta #20: O Vídeo de Benny

Crítica mordaz ao poder das imagens numa sociedade cada vez mais hipnotizada por toda sorte de dispositivos eletrônicos, O Vídeo de Benny do austríaco Michael Haneke (A Fita Branca, Violência Gratuita) é um verdadeiro soco no estômago, que não poupa o espectador de cenas incômodas repletas de violência ultra-realista. Num cotidiano cada vez mais dominado por apelos audiovisuais, esta obra-provocação (lançada em 1992) ainda se mantém atual.