"Alexia": fantasma age nas redes sociais

As redes sociais transformaram a maneira como o ser humano vive, interage e até morre(!), visto que a conta do Facebook de um(a) falecido(a) não é desativada, transformando-se num registro perene daquele indivíduo. No curta de horror Alexia, o diretor e roteirista argentino Andrés Borghi explora justamente estes “epitáfios digitais”, ao contar a historia de um homem que tem um grande peso na consciência por achar que sua ex-namorada cometeu suicídio após o término do relacionamento.

O vídeo, vencedor de vários prêmios em festivais especializados, explora a linha recente do info-horror, subgênero que nasceu com a internet e mescla o virtual com o paranormal. Assista:

Você agora irá pensar mil vezes antes de largar aquela sua namorada desequilibrada! 😉