Filmes Mais Perturbadores do Planeta #19: Begotten

Mais do que um filme, Begotten é um revolucionário experimento artístico, fruto da mente perturbada de seu realizador, o novaiorquino E. Elias Merhige. Filmado em preto e branco utilizando técnicas de vanguarda, a película lida fortemente com religião e a história bíblica do Gênesis através de imagens que misturam dor, sofrimento, sexo, perversão, ocultismo, surrealismo e sangue. Verdadeiro soco no estômago, não é uma obra feita para o espectador comum: