10 filmes de Macho [Volume II]


Filmes de Macho

Filme de macho é por definição, aquele tipo de longa-metragem onde o que menos importa é o roteiro, desde que sobrem cenas de pancadaria, tiroteios, explosões, sanguinolência e frases de efeito. Neste 15 de julho, Dia do Homem, prestamos outra vez, um serviço cinematográfico de utilidade pública a esta nobre raça em extinção. Sente-se na frente da televisão, desligue o cérebro e deixe a testosterona fluir com vontade.

10. Cães de Aluguel (Reservoir Dogs, EUA 1992): O primeiro longa-metragem de Quentin Tarantino é uma ode a violência. Na trama, seis criminosos contatados para um assalto, e que não se conhecem, tem seu plano frustrado pela polícia. Após a fuga, começa então um jogo de desconfiança entre eles, pois certamente alguém traiu o grupo. Em um clima de acusações mútuas a situação vai ficando cada vez mais insustentável.

Frase épica: Não quero matar ninguém. Mas, eu tenho que sair por aquela porta e, se você ficar no meu caminho, de um jeito ou de outro, vai sair do meu caminho.
Cena antológica: Durante uma tortura, personagem faz um dancinha antes de arrancar brutalmente a orelha do outro.

9. The Warriors – Os Selvagens da Noite (The Warriors, EUA 1979): Cult setentista ambientado na Nova York decadente do final da década de 1970, onde a efervescência cultural do lugar veio acompanhada pelo surgimento de gangues suburbanas dedicadas ao crime. Um líder tem a ideia de unificar todo os grupos para dominar a cidade, mas acaba assassinado durante uma convenção onde todas as gangues estão reunidas. Os Warriors acabam acusados deste crime e precisam passar o filme inteiro fugindo para não serem linchados ou presos pela polícia.

Frase épica: Foi por isso que nós lutamos a noite toda?
Cena Antológica: No meio do que seria um bacanal, os Warriors descobrem que as mulheres que estão com eles são as Lizzies, um grupo de garotas mais interessadas em cortar suas cabeças.

8. O Grande Dragão Branco (Bloodsport, EUA 1988): Van Damme é um militar norte-americano que consegue uma vaga no Kumite, um torneio super-discreto e ilegal que reúne os melhores lutadores de artes marciais do mundo. Não há regras e os lutadores podem chega ao limite, que é a morte de um dos adversários. Primeiro grande hit de JCVD, que além de distribuir porradas, exibe seus dotes de bailarino – tudo na maior macheza, é claro. O filme fez tanto sucesso que o astro repetiu a fórmula à exaustão em outras fitas picaretas da época: Kickboxer, Leão Branco, Garantia de Morte, Desafio Mortal, entre outros.

Frase épica: Você quebrou meu recorde, agora vou quebrar você igual quebrei o seu amigo.
Cena Antológica: Depois de ter os olhos cegos por alguma substância, Van Damme luta contra seu principal adversário seguindo apenas seus instintos.

7. Violência Máxima (The Football Factory, Reino Unido 2004): A história acompanha o cotidiano de um sujeito chamado Tommy Johnson (Danny Dyer), fanático torcedor do Chelsea que vive se metendo em confusões com seus camaradas de clube, em 99% dos casos em brigas violentas contra os torcedores do Millwall, outro grande time de Londres. Quando a violência extrapola os limites, Tommy passa a refletir se toda a barbárie vale mesma pena e considera a possibilidade de mudar de vida. Filme muito legal, que retrata bem o mundo dos hooligans, sem mitificação de estereótipos.

Frase épica: Vamos manter as cervejas em segurança antes de atacá-los, ok?
Cena antológica: Depois de um quebra-pau generalizado entre torcidas, o protagonista tem seu rosto pisoteado.

6. Bullit (EUA 1968): Quinze anos antes de Arnoldão, Stallone e Van Damme estourarem, Steve McQueen mostrou como um macho de verdade deve se comportar neste tenso e eficiente filme policial. O astro vive o personagem título, detetive da força policial de San Francisco encarregado de proteger a testemunha-chave de um inquérito contra a Máfia. A despeito dos seus esforços, o sujeito é assassinado por matadores profissionais e Bullit monta uma armadilha para capturar os criminosos. Muito tiroteio e perseguição de automóveis, com o astro McQueen dispensando os dublês nas cenas mais perigosas.

Frase épica: Olha, Chalmers, vamos ser sinceros um com o outro… eu não gosto de você.
Cena antológica: a perseguição em alta-velocidade protagonizada por um Mustang GT (dirigido por McQueen) e um Dodge Charger (o carro de dois pistoleiros) pelos ruas de São Francisco.

5. Difícil de Matar (Hard to Kill, EUA 1990): Depois de sofrer um atentado e quase morrer, policial entra em coma e acorda muito anos depois. Ao descobrir que sua mulher e seu filho foram assassinados, treina para ficar forte de novo e sair distribuindo tiros, quebrando braços e jogando marginais por vidraças em busca do responsável por estragar sua vida. Segundo trabalho de Steven Seagal para o cinema, onde ele utiliza todo seu conhecimento em artes marciais para detonar os adversários.

Frase épica: Vou mandá-lo para o banco, Senador. Para o banco de sangue!
Cena antológica: Durante a invasão de uma casa cheia de bandidagem, o personagem de Seagal dispensa a pistola para dar uma surra nos malandros usando um taco de bilhar.

4. Magnum 44 (Magnum Force, EUA 1973): Clint Eastwood é tão macho que sua filmografia inteira poderia ser incluída aqui – exceto talvez As Pontes de Madison -, nesta segunda aventura do seu personagem Dirty Harry. Na trama, o policial mais macho de São Francisco enfrenta sequestradores de avião, policiais corruptos, gangsters e um chefe de polícia frouxo que nunca disparou uma arma no cumprimento do dever. O filme também mostra Harry devorando um hambúrguer suculento enquanto um colega do departamento narra cenas de crime nojentas do passado.

Frase épica: Esta é uma Magnum 44, o revólver mais poderoso do mundo, capaz de arrancar sua cabeça. Acha que está com sorte?
Cena antológica: Durante um assalto a uma lanchonete, Harry surpreende e mata todos os criminosos sem pestanejar.

3. Adrenalina (Crank, EUA 2006): O assassino profissional Chev Chelios (Jason Statham) tem injetado em seu corpo um veneno poderoso e, no intuito de manter-se vivo enquanto procura o antídoto, precisa manter seus níveis de adrenalina altos. Para tanto, o personagem sai procurando brigas, roubando carros, cheirando cocaína e até transando no meio da rua. Filme insano em ritmo alucionado, recheado de humor negro e ideias estapafurdias que funcionam porque o roteiro não se leva à sério. Teve uma continuação ainda mais bizarra e sem noção.

Frase épica: Fico me perguntando, quantos bifes eu poderia fazer de vocês?
Cena antológica: O personagem de Statham transa com sua namorada em plena Chinatown, no meio de uma multidão. E é aplaudido.

2. Braddock, O Super-Comando (Missing in Action, EUA 1984): Um ano antes de Rambo ir ao Vietnã chutar bundas, Chuck Norris foi lá primeiro para preparar o terreno e amaciar o couro dos vietnamitas. O personagem título é um sujeito extremamente revoltado e endurecido pelo horror da guerra, exército de um homem só que vai até aquele país no intuito de resgatar seus colegas presos em campos de concentração. Chuck atira em todo mundo, quebra a cara de mais gente ainda, salva umas gatinhas aqui e acolá, entre outras machezas.

Frase épica: Será que você pode ser virar? Sou um pouco tímido.
Cena Antológica: Durante a invasão a um campo de concentração inimigo, Braddock é perseguido por três dobermanns inteligentíssimos.

1. Operação Dragão (Enter The Dragon, EUA 1973): Primeiro filme de Bruce Lee para um estúdio norte-americano, trata-se de uma história no estilo James Bond, com Lee interpretando um agente infiltrado em um torneio de artes marciais, com o objetivo de encontrar provas contra o dono da ilha onde se passa o campeonato, um conhecido fabricante de drogas e armas. Deixando de lado a falta de lógica e os diálogos pouco inteligentes, temos aqui sequências espetaculares de kung-fu. A diversão é garantida e a oportunidade de ver o astro no seu auge não deve ser desperdiçada.

Frase épica: Placas de madeira não reagem.
Cena antológica: Bruce desce a porrada no responsável pela morte de sua irmã humilhando o sujeito na frente de todos os lutadores.



  • Rodrigo Batista

    Bicho assisti Difícil de matar umas 15 vezes numa fica pirata, num vídeo cassete comprado no Paraguai, e só tinha 7 anos. Lista boa, alguns não vi, verei

  • Nt St Egsn

    Assisti a metade, The Warriors é muito foda, quando tinha uns 12 anos eu brincava de gangue com meus colegas bons tempos.