Christopher Lee morre aos 93 anos

O lendário ator britânico Christopher Lee, famoso por interpretar Drácula nos anos 1960-70, o Conde Dookan na saga Star Wars e o mago Saruman em O Senhor dos Anéis, morreu no domingo (7), aos 93 anos, porém, a notícia só foi divulgada ontem (11) pelo jornal The Telegraph. Ele estava internado havia três semanas em um hospital londrino, para se tratar de insuficiência cardíaca e respiratória. De acordo com a publicação, a nota de falecimento demorou para ser divulgada porque a esposa de Lee optou por avisar primeiro os familiares.

Christopher Lee nasceu em Londres em 27 de maio de 1922. Formado em literatura clássica, começou a trabalhar como ator nos anos 1940, tornando-se conhecido na década seguinte com três icônicos filmes de horror: A Maldição de Frankenstein (1957), Drácula: O Vampiro da Noite (1958) e A Múmia (1959). Repetiu o papel de conde sanguessuga em mais três longas-metragens, lançados nos anos 1960 e 1970, bancados pela popular produtora britânica Hammer.

Apoiado em sua imponente presença e voz profunda, se especializou em personagens malfeitores, interpretando em 1974 um dos mais antológicos vilões de James Bond, Francisco Scaramanga, o Homem da Pistola de Ouro. Nos últimos 20 anos, Christopher Lee foi apresentado a uma nova geração de fãs. Além de trabalhar em O Senhor dos Anéis e Star Wars, ganhou papeis secundários importantes em obras de cineastas consagrados como Tim Burton (A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça), Bille August (Trem Noturno para Lisboa) e Martin Scorsese (A Invenção de Hugo Cabret).

O ator recebeu em 2009 o título de Sir em reconhecimento por sua longeva carreira, em que apareceu em mais de 250 filmes e produções de TV. Em 2011, ao receber um prêmio pelo conjunto da obra no Bafta, considerado o Oscar britânico, declarou que jamais se aposentaria. Lee era um ídolo muito querido dos fãs do terror e, por extensão, dos amantes de heavy metal. O ator explorou seu lado cantor e lançou vários trabalhos do gênero, o último deles chamado Metal Knight (2014).

Christopher Lee deixa a esposa, Birgit, com quem era casado desde 1961, e uma filha, Christina.