Barbarella XXX | Sci-fi dos anos 1960 ganha versão pornô!


Barbarella XXX

Eu ia dizer que Roger Vadim, o diretor francês que comandou o clássico Barbarella em 1968 estava se revirando no túmulo, porém, lembrei que o sujeito era um vouyer tarado – ele gostava de ver sua esposa Jane Fonda, a heroína do seu filme, transando com outras pessoas -, então é mais provável que o cineasta esteja tocando uma bronha na intenção deste Barbarella XXX: An Axel Braun Parody.

Paródia para maiores da ficção científica vanguardista, difícil entender porque a indústria pornô demorou tanto para satirizar Barbarella, uma vez que história é um prato cheio, trazendo uma protagonista ninfomaníaca que viaja pelo universo “fazendo amor” com qualquer desconhecido que apareça em seu caminho. A resposta para a delonga talvez esteja na bagagem cultural dos envolvidos com o pornbiz até então, que nunca ouviram falar desta pérola trash soft porn dirigida pelo tarado Vadim no final da década de 1960.

Só mesmo Axel Braun, filho do pioneiro Lasse Braun, conhecido pela sua luta em prol dos filmes adultos na Europa, e membro da Mensa – a mais antiga e famosa sociedade que reúne pessoas com altos quocientes de inteligência do mundo – para levar adiante um projeto como este. Melhor para nós, fãs da sacanagem filmada, que poderemos apreciar putaria de primeira, com todos os quesitos que faltam em 99% das produções do gênero: fotografia decente, cenários bem feitos, figurinos caprichados, efeitos visuais passáveis e elenco bonito e sensual.

Riley Steele encabeça o elenco, composto por Asa Akira, Chanell Heart, Rachel Madori, Priya Raj, Jessica Ryan, Selma Sins, Tera Patrick, James Bartholet, Kurt Lockwood, Evan Stone, Eric Masterson e o veterano Ron Jeremy. Confira abaixo o divertido trailer da paródia, que capta com certa fidelidade a atmosfera retrô do original:

Produzido e distribuído pela Wicked Pictures, Barbarela XXX: An Axel Braun Parody sai em home video e on-demand no final de março.