7 filmes com incríveis cenas de poker


Filmes de Poker

O poker é um jogo de cartas, jogado por duas ou mais pessoas, que requer habilidades específicas como estratégia e observação (leitura corporal e etc). Nos primórdios deste site, Getro publicou uma lista interessante sobre o jogo de poker e sua influência na trama de alguns filmes. Já estava na hora de um update, ampliando o conceito do compêndio original e abrindo espaço para filmes de golpes, trapaças e espionagem que, em algum momento, trazem uma cena magnífica envolvendo o esporte – sim, o poker é um esporte – mais praticado do mundo, seja em sua forma “física”, por assim dizer, ou mesmo em sua versão online, em várias salas como a JackPotJoySlots e a Kasino Land, por exemplo. Enfim, vamos à lista.

7. Cassino Royale (Casino Royale, Inglaterra 2006): O longa que marca o renascer da franquia 007 coloca o espião (Daniel Craig) no encalço de Le Chiffre (Mads Mikkelsen), um cruel terrorista que está sendo ameaçado por seus clientes e pretende recuperar suas finanças em um jogo de altas apostas. Ao invés de uma uma perseguição ou uma luta entre James Bond e o vilão, o filme tem como principal cena de tensão um jogo de poker valendo milhões.

6. Um Estranho Casal (The Odd Couple, EUA 1968): Dois grandes amigos (Jack Lemmon e Walter Matthau), decidem moram juntos quando seus casamentos fracassam. Para animar as noites, promovem um joguinho de poker com mais dois amigos. Se você acha que as mãos que viu em Maverick são absurdas, nem veja este filme – o impossível é nada para os roteiristas, que parecem desconhecer princípios da probabilidade.

5. Golpe de Mestre (The Sting, EUA 1973): Vencedor de vários Oscars, aqui Paul Newman e Robert Redford são dois vigaristas que decidem aplicar um tremendo conto do vigário num chefe mafioso envolvido com vários ramos de crime, desde trapaça em poker a apostas em casas de jogos. A tag-line no poster do filme resume a obra: “Tudo o que é necessário é um pouco de confiança”. Isso resume, frise-se, a essência do blefe numa mesa de poker – e por que não na vida?

4. A Arte do Jogo (Deal, EUA 2008): Aventura juvenil que contém muitas cenas interessantes de carteado. Na trama, um jovem arrogante que sonha em se tornar jogador profissional de Texa’s Hold’em ganha a ajuda de uma lenda viva do poker (o veterano Burt Reynolds). Juntos, eles ganham todos os torneios que disputam. A amizade dos dois vira vinagre quando caem de amores pela mesma mulher. No final, a dupla parte para um emocionante campeonato mundial de poker, onde apenas um poderá vencer.

3. A História de Stu Ungar (Stuey, EUA 2003): Stu “The Kid” Ungar é considerado um gênio do poker. Entre 1980 e 1997, ele ganhou três vezes o torneio principal da World Series of Poker (WSOP), cujo vencedor é considerado o campeão mundial – recorde nunca igualado até hoje. Michael Imperioli (Os Sopranos) encarna o desportista nesta fantástica cinebiografia, desde jovem até seus 45 anos, quando morreu vítima de ataque cardíaco, resultado de uma vida de abusos com bebidas e drogas.

2. Jogando com a Sorte (California Split, EUA 1974): Dois apostadores (George Seagal e Elliot Gould) partem para uma viagem a Tijuana, no Mexico, onde pretendem participar de um campeonato de poker que pode mudar suas vidas. Entre uma partida e outra, os dois se envolvem em muita confusão. Robert Altman, o diretor desta obra, era um jogador degenerado. Com efeito, conseguiu conduzir o filme de modo a mostrar um lado de humor negro e cômico sobre tal compulsão e irresponsabilidade da vida.

1. O Jogador (The Gambler, EUA 1974): Professor de literatura viciado em jogo (James Caan), não consegue ficar longe das mesas de apostas. Após perder todo o seu dinheiro, ele recorre a namorada, sua mãe e até mesmo a agiotas e bandidos para continuar com a jogatina. Considerado um dos melhores filmes de poker pelos especialistas no assunto, o longa será refilmado no próximo ano por Martin Scorsese, com Leonardo DiCaprio no papel do protagonista.

  • rafael

    The Cincinnati Kid… (A mesa do Diabo) dica boa.