Filmes Mais Perturbadores do Planeta #8: Irreversível

Considerado um dos filmes mais controversos e perturbadores do século XXI, muita gente abandonou as salas de cinema quando Irreversível foi apresentado pela primeira vez, no Festival de Cannes em 2002. Violento e ultra-realista, o filme francês ganhou sua fama por conta de duas cenas brutais: um assassinato onde a vítima tem seu crânio arrebentado por um extintor de incêndio e um estupro de onze minutos de duração(!) sem cortes.

Apesar do seu conteúdo chocante, o longa dirigido pelo argentino Gaspar Noé é um exercício cinematográfico interessantíssimo. Sádico, Irreversível tortura a plateia mesmo sem ela perceber, com uma trilha sonora que contém frequências baixas e graves, inseridas perversamente no intuito de provocar náuseas e tonturas no espectador. Assista ao programa apenas se você tiver coração forte.