Homem de Ferro será o "vilão" em "Capitão América 3"?!


Entre os trocentos rumores que pipocaram recentemente na internet sobre vindouros filmes da Marvel – Homem de Ferro 4 e a participação do Homem-Aranha(!) em Vingadores 3 -, uma notícia mais confiável ecoou do front nesta terça-feira (14): Segundo a Variety, cujas fontes são (relativamente) confiáveis, Robert Downey Jr. estaria prestes a assinar contrato para aparecer em Capitão América 3, cuja trama deve abordar a Guerra Civil, minissérie escrita por Mark Millar e desenhada por Steve McNiven que rendeu um arco de histórias bem interessantes nos quadrinhos em 2006/2007.

Na trama de Civil War, após uma ação irresponsável de uma equipe de super-heróis deixou mais de 600 mortos e inúmeros feridos, a população passou a exigir maior controle sobre os chamados “heróis”, e a Lei de Registro de Super-humanos foi levada a votação e sancionada pelo governo dos EUA. Todos os vigilantes mascarados devem revelar sua identidade, se registrar e passar a agir sob o comando da SHIELD. A imposição leva os super-heróis a se dividem em dois lados: os pró-registro, liderados pelo Homem de Ferro, e os anti-registro, apoiados pelo Capitão América.

De acordo com a Variety, A Marvel queria que Downey Jr. fizesse apenas uma participação especial na sequência, porém o ator declinou da proposta. O CEO da Marvel Entertainment, Ike Perlmutter, então ordenou que o Homem de Ferro fosse excluído do roteiro. Kevin Feige, presidente do Marvel Studios, entrou pelo meio da negociação, insistindo na ideia que a participação de Tony Stark no filme seria importante para definir os rumos do Universo Cinematográfico Marvel nos próximos anos.

Apesar do estúdio não ter ainda se manifestado, fontes do site garantem que Downey Jr. (que levou US$ 100 milhões por Os Vingadores 2 e 3) assinou o contrato e ganhará US$ 40 milhões em Capitão América 3, mais participação nos lucros e um adicional se o filme tiver desempenho melhor que Capitão América 2 nas bilheterias. Os irmãos diretores Anthony e Joe Russo, de Capitão América 2 e 3, segundo o Badass Digest, já estariam negociando com a Marvel para dirigir Os Vingadores 3 e possivelmente Os Vingadores 4.

Nos quadrinhos, durante algum tempo, Steve Rogers abriu mão da identidade secreta de Capitão América e se tornou diretor da SHIELD, comandando uma divisão de elite de heróis chamada Vingadores Secretos, agindo em missões que jamais poderiam vir ao conhecimento do público. Vamos aguardar o final de A Era de Ultron para ter certeza dos planos mirabolantes da Marvel. Caso Rogers (vivido por Chris Evans) se torne mesmo o líder sozinho do grupo ao final do longa, pode ser que toda essa especulação faça mesmo sentido.

Os Vingadores 2: A Era de Ultron estreia em 1º de maio de 2015. As filmagens de Capitão América 3 começam no primeiro semestre de 2015 e o lançamento acontece em 6 de maio de 2016.