Veja o trailer de "O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos"


O diretor Peter Jackson divulgou o primeiro trailer de O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos, capítulo final da trilogia que adapta o livro de J. R .R. Tolkien. O vídeo mostra a destruição provocada pelo dragão Smaug, assim como as preparações para a guerra e o início da batalha contra o exército de orcs comandados por Sauron:

No fim do segundo filme, a companhia de treze anões liderada por Thorin Escudo-de-Carvalho (Richard Armitage) e acompanhada por Bilbo Bolseiro (Martin Freeman) conseguiu reconquistar Erebor – mas não sem despertar novamente a fúria de Smaug. Expulso do reino que outrora dominou, o dragão resolve descontar a raiva na cidade do Lago, destruindo tudo e a todos que encontra no caminho. Para piorar mais a situação, o vilão Sauron (chamado aqui de Necromante) envia sua gigantesca legião de orcs rumo à Montanha Solitária, obrigando homens, elfos e anões a formar uma improvável aliança para evitar o fim da Terra Média.

Ian McKellen, Cate Blanchett, Evangeline Lilly, Orlando Bloom, Christopher Lee, Lee Pace, Luke Evans, entre outros nomes que já vimos nos primeiros filmes, retornam aos seus papeis.

O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos estreia no Brasil no dia 11 de dezembro.

  • Era de se imaginar que para transformar um livro infantil e simples como O Hobbit em uma trilogia, Peter Jackson precisaria acrescentar muita coisa, mas pelo trailer me preocupar a coerência de algumas coisas, como o olho de Sauron já piscando e toda essa tensão com Gandalf e os orcs, sendo que no início de O Senhor dos Anéis ainda reina uma aparente paz. Mas, vejamos…

    • Inclusive a “ponte” entre os filmes quando a trilogia acabar.

  • warley

    Não concordo com o comentário acima sobre o Senhor dos Anéis ter uma relativa paz. O exército de Sauron já estava muito fortalecido e ele estava mais forte já, diferente no que vemos no Hobbit que demonstra Sauron ainda não tão forte e o exército de orcs não é número como o senhor dos anéis. No senhor dos anéis, Sauron já estava tão mais forte e a um piscar de olhos da guerra que já tinha o apoio até de Saruman, que foi enviado justamente para combater Sauron no início dos tempos.