Tom Hanks barbariza em clip da banda Buckwheat Groats


Seria ridículo não fosse hilariante. O que Tom Hanks demorou anos para construir – uma imagem de bom moço, engajado politicamente e criterioso na escolha de seus personagens – a banda de gangsta rap Buckwheat Groats destruiu em minutos no videoclipe Tom Hanks, supostamente uma homenagem ao ator. A música é uma chatice só, mas ver Hanks roubando carros, preparando drogas, disparando armas e se exibindo num puteiro, não tem preço.

Obviamente, o astro não se prestou a esse papel vexaminoso. Tudo foi feito com efeitos digitais (toscos) onde o rosto de Hanks foi inserido digitalmente nas cenas – as atrizes Sally Fields (Forrest Gump) e Meg Ryan (Mensagem para Você), além do diretor Steven Spielberg (O Terminal) com quem Tom trabalhou no passado, ganharam também versões frankensteins politicamente incorretas.

O clip obsceno, que cita a filmografia inteira do ator – a bola Wilson (Naúfrago) e o boneco Woody (Toy Story) aparecem em situações inadequadas – foi recebido com entusiasmo pelo filho do ator, Chester Hanks, que é rapper. Em sua conta no Twitter, Chester, ou melhor, Chet Haze, definiu o vídeo como “um trabalho genial”. Assistam e tirem suas próprias conclusões:

Quem te viu e quem te vê, hein Tom? 😉