Crítica: Duas Almas Se Encontram


Duas Almas Se Encontram (Barbary Coast), dirigido por Howard Hawks em 1935 (e com alguns trechos comandados por William Wyler, não creditado), relata a corrida ao ouro na Califórnia no início do século, quando aventureiros dos quatro cantos do mundo chegavam por terra e por mar. Uma história que fala da febre do ouro e do que um homem com sede de riqueza é capaz.

Na véspera do ano novo, chega a São Francisco, um navio com vários homens em busca de dinheiro fácil. A bordo, encontra-se Marcus Aurelius Cobb (Frank Craven), um jornalista que pretende criar um jornal na cidade, e Mary Rutledge (Miriam Hopkins), que veio de Nova York em busca do seu noivo, Dan Morgan, proprietário de uma mina de ouro.

Ela quer se casar em breve, mas tem uma chocante surpresa ao saber que Dan foi assassinado. Ao investigar o crime, descobre que o vermelho na roleta saiu 13 vezes seguidas e assim uma mina de ouro trocou de mãos. Depois disto, o ex-noivo entrou em disputas que conduziram à sua morte. No fim das contas, o dinheiro foi parar às mãos de Luis Chamalis (Edward G. Robinson), o dono do Bella Dona, o maior cassino da Califórnia.

Mary vai jantar no cassino, onde é cortejada por vários mineiros até a chegada de Luis, que se apresenta para ela como o dono da cidade. No dia seguinte, após as comemorações da passagem de ano, Luis vai até o quarto de Mary e lhe propõe que ela trabalhe na roleta do Bella Dona, pois sua postura atrairá muitos mineiros, que acabarão perdendo ali o ouro tão duramente obtido. Em troca ela ganhará uma parte. Mary concorda.

A roleta viciada do cassino é o principal motivo da luta entre os protagonistas, divididos entre o azar e a sorte, e que se mostram insaciáveis quanto à conquista pela riqueza fácil. Com certo realismo, o filme descreve alguma da psicologia subjacente a jogadores de salas de cassino que movidos pela ganância excessiva tentam enriquecer rapidamente.

Duas Almas Se Encontram serve de lição para os apostadores afoitos que frequentam sites de jogos de casino online e se arriscam sem levar em conta princípios básicos do jogo, que deve ser encarado de forma responsável, com prudência e moderação.