A desigualdade entre homens e mulheres no cinema


A Desigualdade dos Gêneros nos Filmes é um interessante e revelador infográfico produzido pela New York Film Academy que apresenta informações sobre a presença das mulheres no cinema, no período de 2007 a 2012. Apesar de contribuírem com 50% da renda dos filmes nos Estados Unidos, por trás das câmeras, o público feminino sofre “discriminação”, com cargos e salários inferiores aos homens.

O preconceito se estende até nas premiações. Na História do Oscar, apenas quatro mulheres foram indicadas para a categoria Melhor Diretor, e só Kathryn Bigelow (Guerra ao Terror) levou a estatueta até hoje. A imagem feminina também é fortemente associada ao sexo, com 26,2% delas ficando (parcialmente) nuas em cena, contra apenas 9,4% dos homens. Em tempos de Bechdell Test, um estudo para se pensar e refletir:

A Desigualdade dos Gêneros no Cinema

  • Otávio Canez

    Se fosse pra ser igualitário não se chamaria feminismo. Sou homem e acho "machismo" ridículo, e nem dá pra ser chamado de ideologia ou pensamento. Feminismo de mesmo modo, chega a ser ridículo.

    • abgaylcardoso

      Não julgue o livro pela capa e nem o movimento pelo nome. Mesmo aparentendo, de primeira, ser sexista, o nome feminismo significa igualdade e só recebe esse nome porque a reprimida é a mulher.

  • Luis

    Talvez, quem sabe assim se talvez as próprias mulheres começassem a se valorizar hein. pensa! iria ser legal neh

  • Claudio

    Fazer o que se os homens desempenham melhor as funçoes kkkkk