Getrocast #04: Atores que "sumiram" e o teste feminista de Bechdell


O Bechdell Test é uma avaliação que não quer dizer necessariamente se um filme é bom ou ruim, apenas se a obra trata a mulher com relevância dentro da história. Criado pela cartunista Allison Bechdell nos anos 1980, seu teste agora será “seriamente” utilizado por uma cadeia de cinemas da Suécia, que pretende rotular seus filmes de acordo com os padrões propostos por uma das personagens de Alisson nas tiras Dykes to Watch Out For (algo como Lésbicas que valem a pena acompanhar).

Getro Guimaraes, Luiz Fernando Fonseca e o convidado André Freitas conversam (e divagam) sobre o Bechdell Test, os rumos do politicamente correto no cinema, suas implicações e significâncias financeiras e o futuro dos blockbusters. Antes disso, traçam um panorama sobre jovens atores que prometiam uma carreira promissora no cinema, mas “sumiram” ou foram engolidos pela televisão:

Participe enviando suas críticas e sugestões. Se você for cadastrado no Soundcloud, pode deixar seus comentários na linha de áudio do programa.

  • Vera Mazae

    Anna Chlumsky está fazendo “Veep” série de comédia com Julia Louis-Dreyfus. Mas antes de 2011, quando entrou na série, tava sumida mesmo.

  • Rafael

    Anna Paquin ganhou um Oscar aos 11 anos e depois virou coadjuvante (quase figurante) em X Men.

    (Obs.: Cuca Beludo é foda, hein…)

  • Welter

    Entre as feministas, existe aquelas que se auto-intitulam "vadias". Será que vai ter selo classificatório para elas também?