"Depois da Terra" é o pior filme já feito?


Tom Cruise gostou do filme

Depois da Terra é o pior filme já feito?

Pergunta Joe Morgenstern, em sua crítica publicada no Wall Street Journal em 31 de maio, mesma data em que estreou nos cinemas a sci-fi dirigida por M. Night Shyamalan (Fim dos Tempos) e estrelada por Will Smith e seu filho Jaden. Já Betsy Sharkey do Los Angeles Times tenta mesurar o tamanho do fiasco:

Se você ainda está imaginado se Depois da Terra é um desastre, a questão aqui não é o se, mas qual o tamanho do desastre!

De sexta a domingo, a fita arrecadou “míseros” US$ 27 milhões, valores considerados baixos para um blockbuster lançado no verão norte-americano, a temporada mais lucrativa do ano. Feito os vários animais selvagens que aparecem no longa, os críticos gringos destroçaram a produção, roteirizada por Shyamalan a partir de uma história do próprio Will, que também é um dos produtores do longa, ao lado de sua mulher Jada Pinkett Smith (Matrix Reloaded) e seu cunhado Caleeb Pinkett.

O final de semana de estreia é o pior da carreira de Will Smith como protagonista. O “recorde” anterior pertencia a As Loucas Aventuras de James West, lançado em junho de 1999, que arrecadou valor próximo a Depois da Terra – US$ 27.687 milhões – há 14 anos. Levando em conta que, um filme precisa gerar renda três vezes superior ao seu custo, a produção de US$ 130 milhões agora depende da bilheteria mundial para se pagar.

Vários são os motivos para o fracasso da película, desde a atuação do adolescente Jaden (Karate Kid) e sua pronúncia incompreensível em algumas falas, passando por um roteiro batido cheio de clichês, (d)efeitos especiais, até o dedo “podre” do diretor indiano Shymalan, criticado ferozmente por Lou Lumenick, do New York Post:

Onze anos e vários filmes progressivamente piores que os outros, desde Sinais, o diretor M. Night Shymalan terá sorte se depois disto conseguir um bico para dirigir o trânsito. Depois da Terra é uma aventura tão sonífera que deveria vir com contraindicação.

Depois da Terra é uma declaração de amor a CientologiaO filme também foi acusado de fazer apologia aos ensinamentos da Cientologia. Parte da crítica americana notou vários pontos em comum entre a história e a “Dianética”, livro de L. Ron Hubbard, conceito base para a religião seguida por vários famosos, como John Travolta, Tom Cruise e o próprio Will – que nunca assumiu ser membro da seita, apenas um “mero estudante da religião mundial”.

Em seu artigo para o Vulture, Matt Patches destrincha várias passagens do longa, que acredita ser uma nada discreta homenagem a Cientologia. Entre os vários simbolismos e metáforas, os discursos motivacionais sobre superação do medo que o personagem de Smith pai solta para Smith filho, de modo a capacitá-lo a reprimir emoções e se tornar um ser superior, são os mais claros indícios que o texto teve mesmo uma grande influência das ideias de Hubbard.

Não é a primeira vez que um astro de Hollywood tenta doutrinar o público com a Cientologia. Em 2000, A Reconquista, filme produzido e estrelado por John Travolta, chegou aos cinemas com esta intenção e falhou feio, causando grande prejuízo a Warner. Nas próximas semanas descobriremos se Depois da Terra, terá o mesmo efeito aos cofres da já combalida Sony. O longa estreia nesta sexta-feira, 7 de junho, no Brasil.

  • DANIEL

    mas que coisa :O

  • acho não é tão pior que o CONAN O Bárbaro , o Besouro Verde , Elo Perdido estes são os piores ….

  • William Haddad

    Espero ver esse filme quando passar na tv aberta, de preferencia na seção da tarde, pois na tela quente eu nao aguento e durmo porque eu sempre durmo cedo antes das 8horas eu ja estou me recolhendo para dormir pois acordo cedo com dores nas costas e a noite me da sono mas na seção da tarde eu consigo assistir só nao consigo se passar na recor porque em casa nao pega direito esse canal só pega a globo e o sbt

  • Bruno Gallina

    Jaden Smith só pegou uma carona na fama do pai, ele não é ator, quem assistiu:á procura da felicidade e o novo karate kid, viu que ele não sabe atuar

  • Carlos

    Tá, tudo bem. Pode até ser que seja um fracasso em termos de lucros, mas temos que respeitar os gostos individuais. Existem todo tipo de filmes e todos os tipos de músicas. Portanto não podemos basear nossas opiniões em uma única crítica. Acho até que isto me despertou mais a curiosidade e vou assistir assim que possível.

  • Se a critica não gostou então o filme deve ser ótimo,pois estes críticos na maioria das vezes erram e erram muito

  • pamela

    adoreiiii msm após leras criticas eu resolvi assistir,e gostei apesar de não ser meu tipo preferido de filme…assistam e tirem suas propria conclusoes…