"Guerra Mundial Z" pode dar prejuízo histórico a Paramount


Os bastidores de Guerra Mundial Z

Uma matéria publicada na Vanity Fair afirma que Guerra Mundial Z é o filme mais caro de todos os tempos. Os valores não são precisos, mas, segundo a revista, o longa sobre um holocausto zumbi estrelado por Brad Pitt custou cerca de US$ 400 milhões aos produtores. Para se ter uma ideia de quão absurdo é este montante, Avatar (2009) de James Cameron custou US$ 237 milhões, Homem de Ferro 3 (2013) cerca de US$ 275 milhões e a extravagância Piratas do Caribe – No Fim do Mundo (2007), a bolada de US$ 300 milhões – sem contar os gastos com publicidade e marketing.

O assunto é grave e os executivos da Paramount, da co-financiadora Skydance, o diretor Marc Forster e, claro, o astro Brad Pitt – que co-produz o filme através da sua Plan B Entertainment – estão bastante temerosos. Segundo cálculos da própria indústria, para que uma película dê lucro, ela precisa, ao menos, faturar três vezes o seu custo nas bilheterias mundiais. Sendo assim, para entrar dinheiro no bolso dos investidores, será preciso que a fita arrecade US$ 1,2 bilhão! Tarefa difícil, ainda mais que a obra foi banida da China, o segundo mercado mais rentável depois dos EUA.

Os motivos que levaram o thriller a estourar o orçamento renderiam um documentário tão interessante quanto Hearts of Darkness (O Apocalipse de Um Cineasta, no Brasil), produção sobre os bastidores conturbados do clássico Apocalipse Now. Segundo a jornalista Laura Holson da Vanity Fair, os problemas de Guerra Mundial Z começaram na pré-produção, passando por alterações significativas no roteiro, desentendimento entre profissionais nos bastidores até a desmedida re-filmagem de quase metade do filme, o que custou à Paramount US$ 170 milhões.

A revista Vanity Fair e os bastidores de Guerra Mundial Z

A decisão de refazer parte da obra veio após uma sessão prive para os executivos do estúdio que não gostaram do final. A solução: refilmar cerca de 40 minutos. O roteirista Damon Lindof (Prometheus), contratado por Pitt pessoalmente para alterar a história rescreveu as cenas, mas jamais acreditou que a Paramount topasse desembolsar nova fortuna na empreitada. De olho numa possível franquia, o estúdio optou por arcar com o prejuízo.

Segundo sites gringos especializados, Guerra Mundial Z começava explorando a história “emocional” (palavras de Lindof) do protagonista Gerry Lane (Pitt), na luta para reencontrar sua família deixada para trás durante o apocalipse zumbi que domina o planeta. Porém, a medida que a história prosseguia, ele se transformava num exterminador de mortos-vivos, no melhor estilo Tallahassee, personagem de Woody Harrelson em Zumbilândia, esquecendo completamente a tal história emocional.

Adaptação do best-seller homônimo escrito por Max Brooks, o filme estreia em 21 de junho nos Estados Unidos (e na semana seguinte no Brasil). Vamos aguardar para ver se resultado justifica todo este calvário.

  • eduardo

    Caramba, será q esse filme vai entrar pra história como o maior fracasso de todos os tempos, talvez naum devido ao sucesso q os zumbis estão fazendo hj em dia, como no seriado The walking dead.

    • adoro zumbi

      pow cara o filme é muito top! eu pelomenos gosto deses tipos de filmeis pow manera ai

  • Luiz Menezes

    O Pior que o filme vai ser sucesso , mais não para cobrir os gastos. Não precisaria ter exagerado tanto nos gastos, vai sobrar para o Brad Pitt, vai ficar com a fama de ter dado o maior prejuízo da história do cinema, sempre lembram do protagonista nessas horas de execrar…

  • hamon teixeira

    O filme vai excluir uma grande parcela do publico, não só na China… Filmes de terror não são os melhores em termos de bilheteria, tanto por causa da faixa etária como também pelo próprio gosto da maioria das pessoas que não é chegada a coisas nojentas, em geral. O filme poderia atrair mais público se tivesse o foco no suspense, mas pelo jeito vai ter muitas cenas de tiroteio e visões panorâmicas de hordas de zumbis que formam pilhas de cadáveres nas grandes cidades do mundo.

  • João

    Previsão?

  • David

    Não vou a muito tempo ao cinema, e fui ver Guerra Z e gostei muito, não sou chegado a filmes de destruição w terror , mas o filme não é so isso, a mensagem final , o roteiro a fotografia são muito bons, gostei e recomendo.

  • eluandro

    Na minha opinião esse filme não deveria ser considerado como um prejuizo mas sim como uma evolução nos zumbis de ficção.mas como nesse pais todos temos os mesmos “DIREITOS” cada um forma a opnião que quer mas no final o que sempre importa é a diversão!!!!!