"A Manopla do Infinito": a sequência de Star Wars que você nunca verá nos cinemas!


Episode VII: The Gauntlet of InfinityHá cinco anos no ar, Parks and Recreation é uma das melhores séries de comédia atuais. Estrelada por Amy Poehler (que durante anos a fio integrou o Saturday Night Live), o programa mostra o esforço de sua personagem, Leslie Knope, uma burocrata do Departamento de Parques de uma cidade fictícia dos EUA, em transformar uma construção abandonada em um parque comunitário. Situações absurdas e piadinhas sarcásticas que criticam o sistema político dos EUA não faltam.

Num dos últimos episódios da 5ª temporada, o ator convidado Patton Oswald (Jovens Adultos) protagonizou uma das cenas mais geniais de todos os tempos já vistas na TV. Durante uma assembléia municipal, seu personagem, Garth Blundin, no intuito de provocar um filibuster – manobra política que consiste em fazer um longo discurso para obstruir uma votação política – soltou o verbo imaginando como ele gostaria que fosse a trama de Star Wars: Episódio VII.

A cena, rodada na base do improviso – Poehler, diretora do episódio, deu liberdade para ele falar o que quisesse, sem roteiros – é um divertido discurso de quase oito minutos onde Patton demonstra toda sua nerdice ao misturar o universo Star Wars com heróis da Marvel, Fúria de Titãs e outras maluquices, nomeada por ele como The Gauntlet of Infinity (A Manopla do Infinito).

A história narrada é completamente desconexa, com a Princesa Leia e Lando Calrissian tendo um caso e o peludo Chewbacca se transformando num cyborg-aranha após ter sua cabeça decepada. O trecho do programa fez tanto sucesso na internet que o animador Isaac Moores, um fã incondicional de Star Wars, decidiu dar vida a essa doideira, que também rendeu um cartaz hilário criado pela Entertainment Weekly (acima). Assista:

Fonte: IGN