Posters de uma realidade alternativa – Parte II


Num dos episódios de Fringe (série televisiva criada por J. J. Abrams) que tratava de realidades alternativas, era possível ler numa fachada de cinema o seguinte anunciado: “De Volta Para o Futuro estrelando Eric Stoltz“. A brincadeira, que não passou despercebida entre os cinéfilos, fazia graça com a primeira escolha do produtor Spielberg e do diretor Zemeckis para interpretar Marty McFly. Um sacrilégio, não é verdade?

Nesse sentido, o site The FW criou uma interessante galeria de cartazes substituindo os atores escolhidos pela opção inicial dos produtores. Alguns resultados seriam interessantes e nem abalariam a aura do filme, embora a ideia bizarra de colocar Nicolas Cage no papel de Neo (Matrix) pareça piada de mau gosto. Confira:

Lincoln

Lincoln estava nos planos de Spielberg desde 2005, época em que convidou Liam Neeson (Busca Implacável) para interpretar o famoso presidente. O projeto demorou a sair e Neeson desistiu do papel, alegando estar muito velho para interpretar o estadista. Segundo a atriz Sally Field, a perda da esposa Natasha Richardson, foi o principal motivo que levou o astro a abandonar o filme.

Caçadores da Arca Perdida

O roteirista e produtor George Lucas queria o bigodudo Tom Selleck (Par Perfeito) para o papel de Indiana Jones, uma vez que já havia trabalhado com o Harrison Ford em American Graffiti e Star Wars. Felizmente para os fãs, o contrato que Selleck havia assinado para protagonizar a série de TV Magnum, o impedia de aceitar outros trabalhos.

Blade Runner

Dustin Hoffman, que estava no auge da fama no início dos anos 1980, era o queridinho de Ridley Scott para protagonizar Blade Runner. O astro desistiu do papel – e foi fazer Tootsie -, alegando divergências criativas entre ele e o diretor. Harrison Ford é mesmo um cara de sorte.

Django Livre

Quentin Tarantino escreveu Django Livre pensando em Will Smith, mas ele estava comprometido com a sequência Homens de Preto 3 e foi obrigado a declinar. Kurt Russell foi outro que também desistiu da película, deixando a vaga para Don Johnson.

O Segredo de Brokeback Mountain

Mark Wahlberg (Suor e Glória) chegou a se reunir com o diretor Ang Lee, interessado na proposta de fazer O Segredo de Brokeback Mountain. Quando soube que seu personagem seria um cowboy gay pulou fora do projeto, com medo de arranhar sua imagem de galã.

Matrix

Nicolas Cage desistiu de Matrix porque não queria passar meses na Austrália – local onde o filme foi rodado – longe da sua família. Que alívio, hein?

  • william haddad

    sorte de uns azar de outros fazer o quê

  • Deviam ter incluido os outros que pularam fora do Matrix, como o Val Kilmer que iria fazer o Morpheus…

    té.