Documentário quer descobrir porque "Superman Lives" foi cancelado


Superman Lives

Em 2009, nós publicamos aqui um vídeo que mostrava Nicolas Cage vestido de Superman. Não se tratava de nenhum baile a fantasia: acredite, no final da década de 1990, a Warner Bros. considerou a possibilidade de reinventar o herói kriptoniano em Superman Lives, tendo Tim Burton na direção e o astro de O Resgate no papel do azulão.

Segundo consta, o estúdio gastou US$ 50 milhões em pré-produção, antes de desistir do projeto – e Cage embolsou 5 milhões de dólares na maciota. A história – anteriormente escrita por Kevin Smith, mas rejeitada por Burton que reescreveu o roteiro, alegando que ela era fiel demais aos quadrinhos – mostravam Jor-El criando Brainiac e desprezando o computador por ocasião do nascimento de seu filho Kal-El; o perverso cérebro eletrônico destruindo Krypton por ressentimento; sua fusão, na Terra, a Lex Luthor a fim de formar o vilão amálgama Lexiac, a morte do homem de aço e seu retorno sob a forma de eletricidade vestindo uma armadura arco-íris!

Passados quinze anos, a fracassada produção ainda assombra os fãs toda vez que alguma arte conceitual bizarra é divulgada. Fascinado pelo personagem, o animador americano Jon Schnepp está tentando angariar fundos por meio do Kickstarter – website especializado em crowdfunding – para realizar The Death of Superman Lives: What Happened?, um documentário entrevistando os atores e a equipe técnica envolvida nesta empreitada.

Assistam ao vídeo abaixo onde Schnepp explica suas motivações e promete até animar algumas sequências dos storyboards, dependendo da grana levantada:

Quem já assistiu Marte Ataca!, deve ter percebido que Burton aproveitou muito de suas ideias insanas na comédia de ficção científica.