Assista ao sinistro trailer de "S-V/H/S"!


V/H/S, antologia de horror que fez relativo sucesso nos festivais especializados – e nas interwebs -, sequer estreou no Brasil e sua sequência já foi anunciada. No primeiro filme, um grupo de criminosos é contratado para recuperar uma fita rara em uma casa caindo os pedaços no meio do nada, mas acabam encontrando várias fitas VHS com gravações terríveis. S-V/H/S seguirá a mesma linha, acompanhando uma dupla de investigadores que, na busca por uma estudante desaparecida, se deparam com uma misteriosa fita:



Sete diretores dividem os créditos da continuação: Gareth Evans (Operação Invasão), Timo Tjahjanto (Macabre), Eduardo Sánchez (Adorável Molly), Gregg Hale (produtor de A Bruxa de Blair), Jason Eisener (O Vingador), Adam Wingard (que dirigiu o segmento “Tape 56” em V/H/S) e o roteirista Simon Barrett que faz sua estreia na direção.

O formato S-VHS realmente existiu, era uma espécie de VHS aperfeiçoado que não chegou a se popularizar, mas era bastante usado pelas produtoras de vídeo – no Brasil ficou conhecido como “Super-V”. S-V/H/S ainda não tem data de lançamento definida mas será exibido no Festival de Sundance neste final de semana.

  • Hellen

    Se o 1° já é péssimo, imagina este.

  • rodrigson

    Eu gostei demais do primeiro, as fitas ficaram realistas até demais, estou ansioso por este.

  • Milla

    Spoiler: Não gostei do primeiro. As fitas (algumas) foram realistas e tal, mas a forma como foram assistidas foi banal, acabou estragando o realismo das fitas. E outra, cronologia, é o principal em qq filme!!! Tem que ter coerência, odiei o fato de quem encontrou ter virado objeto da estória, morrido pra depois vir outra fita, quem viu a última fita? Quem encontrou? Pq mostraram a ultima fita depois da morte de quem estava assistindo? Mistureba danada. Não deu medo algum, ainda mais para aquele que prometia ser o mais assustador de 2012. E pra mim o que estragou foi a forma como as fitas foram assistidas, ou melhor, por quem foram assistidas, ficou falso de mais, atores fracos (adulto barbado com comportamento infantil, só se o ator for bom a ponto de convencer insanidade, do contrário, irrita e a morte dele passa a ser comemorada, não temida). Enfim, como sou boba vou ver este, quem sabe não tenham arrumado a cronologia…

  • Milla

    Spoiler…Ps.: apesar de ir contra a ideia do filme, acho que as histórias renderiam muito mais se fossem cada uma um filme. Realmente alguns diretores foram espetaculares no que se refere ao realismo, por outro lado, teve quem não convenceu. Adoraria ver um filme da vamp (que atriz, que atriz… esquisita, amei :) ), do ritual (poderia ter sido muito mais explorado) e do casal em viagem (que por sinal teve a história totalmente destruída quando as meninas se pegaram). Por outro lado, as fitas da floresta (q m*rda) e do Dr. Hollywood, ridículas. A primeira garota do Dr. Hollywood foi incrível, insana, mas não salvou a história ridícula.

    • paulo

      eu até gostei daquela historia da floresta, foi muito legal. concordo com vc sobre a ordem em que as fitas foram assistidas, mas eu n curti muito a historia do casal, foi uma coisa meio parada.

  • felipe

    eu curti o primeiro, e esse me arrapiou so pelo video