Morre o ator Michael Clarke Duncan


O ator norte-americano Michael Clarke Duncan, morreu nesta segunda-feira (03/09), aos 54 anos, vítima de insuficiência respiratória. Duncan, que ficou mundialmente famoso ao interpretar o gigante sensível John Coffey no drama “À Espera de Um Milagre”, já estava internado no Los Angeles Hospital desde 13 de julho quando sofreu uma parada cardíaca.

A morte do ator aconteceu de forma inesperada, já que ele havia saído da CTI no início de agosto. Segundo os médicos, seus batimentos cardíacos estavam acima do normal. Omarosa Stallworth, noiva do ator, que estava o tempo todo ao seu lado no quarto do hospital, disse que saiu por um breve momento e, quando retornou, ele havia falecido.

Duncan, que nasceu em Chicago, Illinois, começou sua carreira em Hollywood como guarda-costas, trabalhando para atores como Will Smith, Jamie Foxx e Martin Lawrence. Seu primeiro papel de destaque no cinema aconteceu em 1998 no blockbuster “Armageddon” ao lado de Bruce Willis e Ben Affleck. Depois vieram o já citado “À Espera de Um Milagre” (por qual foi indicado ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante), a comédia “Meu Vizinho Mafioso” (novamente ao lado de Willis) e “Demolidor” (novamente ao lado de Affleck), baseado no herói dos quadrinhos de mesmo nome.

Dono de um voz gutural bem característica, Duncan também emprestou seu talento para animações. “Irmão Urso”, “Kung Fu Panda”, “Uma Família da Pesada” e “O Rei do Pedaço” estão entre alguns dos quais trabalhou como dublador. Seu último trabalho concluído no cinema foi “The Challenger”, filme do diretor Kent Moran, atualmente em fase de pós-produção.

  • Até hoje eu não vi A Espera de um Milagre '-'

  • aceleron

    Detalhe: armageddon foi lançado em 1998.