Os 9 maiores incidentes durante estreias de filmes


Falar em voz alta no cinema, briga de gangues ou simplesmente o acaso de estar sentado perto de um atirador já motivaram incidentes durante estreias de filmes nos Estados Unidos. A mais recente ocorreu nesta sexta-feira (20/07), quando um sujeito desmiolado invadiu um cinema no Colorado, abrindo fogo contra o público que assistia Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge.

Embora alguns condenem a violência presente na maioria destas produções, nem sempre o ocorrido está ligado ao tema do filme. Confira a lista abaixo – idealizada a partir de uma matéria do Hollywood Reporter – com os maiores incidentes que já aconteceram durante os primeiros dias de exibição de filmes:

9. As Cores da Violência (Colors, EUA 1988): Treze homens foram presos após a briga de duas gangues em frente a um cinema de Los Angeles, durante o final de semana de estreia do filme há 24 anos. Dirigido por Dennis Hopper e estrelado pelo então iniciante Sean Penn, o longa narra a história da luta da polícia da cidade no combate a gangues locais identificadas por cores (azul e vermelho). Suspeitos de serem membros de organizações criminosas, os homens foram detidos, assim como outras pessoas em diversas salas na região.

8. O Curioso Caso de Benjamin Button (Curious Case of Benjamin Button, EUA 2008): Durante a exibição da longa de fantasia estrelado por Brad Pitt no natal da cidade de Riverview, James Joseph Cialella, então com 29 anos, atirou pipoca em um garoto de 10 anos e deu um tiro no braço do pai da criança. O motivo: a dupla havia reclamado do barulho feito por Cialella, que estava rindo e falando durante a sessão.

7. X-Men 3 – O Confronto Final (X-Men 3: X-Men United, EUA 2006): Um cinema nos arredores de Baltimore presenciou a morte de Paul Schrum, aos 62 anos, que assistia ao terceiro filme da trilogia sobre os mutantes da Marvel com os amigos. Aos 20 minutos do longa, um homem de 24 anos se levantou e ordenou que o público presente se deitasse no chão. Ele realizou quatro disparos e foi aguardar no saguão pela chegada da polícia. Segundo a polícia, Schrum virou alvo apenas por estar próximo ao atirador.

6. O Poderoso Chefão – Parte III (The Godfather – Part III, EUA 1990): Um adolescente de 15 anos morreu e outras quatro pessoas ficaram feridas em um tiroteio entre dois grupos rivais que assistiam a uma sessão do último filme da trilogia de Francis Ford Coppola num Multiplex. Os envolvidos na confusão não se feriram. A polícia chegou ao local imediatamente e mandou todos para o xilindró.

5. Juice (Idem, EUA 1992): O longa com o rapper Tupac Shakur incitou diversos conflitos no início do ano em diversos estados norte-americanos. Uma garota de 16 anos morreu em Chicago e um jovem de 18 anos ficou paralítico após receber um tiro na saída de um cinema na cidade de Filadélfia. Houve ainda um tiroteio entre adolescentes em Lansing, no estado de Michigan. A distribuidora Paramount chegou a oferecer a contratação de equipes de segurança para as salas que quisessem exibir o filme.

4. Os Donos da Rua (Boyz’n the Hood, EUA 1990): A pré-estreia do filme que fala sobre violência entre gangues aconteceu em julho e foi marcada por um assassinato e vários casos de agressão, com relatos de pessoas feridas. A morte ocorreu em Chicago, quando um homem de 23 anos recebeu tiros e não resistiu aos ferimentos. No subúrbio de Seattle, um jovem de 15 anos foi esfaqueado no final de semana da estreia do longa.

3. Clube da Luta (The Fight Club, EUA 1999): Em um episódio até então inédito no Brasil, o jovem estudante de medicina Mateus da Costa Meira, de 24 anos, invadiu uma sala de cinema do Morumbi Shopping, em São Paulo, e disparou a esmo contra a platéia que assistia ao filme de David Fincher. Três pessoas morreram e cinco ficaram feridas. O rapaz, que sofria de problemas mentais e era usuário de cocaína, foi condenado a 120 anos e seis meses de prisão. Atualmente cumpre pena na Penitenciária Lemos Brito, em Salvador (BA), para onde foi transferido em 2009.

2. Trilogia Matrix (The Matrix Triolgy, EUA 1999, 2003, 2004): Ainda que as estreias dos filmes não tenham presenciado incidentes, muitas pessoas chegaram a afirmar que a franquia os motivou a cometer assassinatos. Em 1999, no Colorado, dois estudantes, trajando roupas semelhantes a usadas pelos personagens dos filmes, invadiram a escola Columbine e assassinaram 12 alunos e um professor. Em 2003, os advogados de um jovem de 19 anos que matou os seus pais afirmaram que o rapaz acreditava viver dentro da Matrix. Quatro anos mais tarde, um homem usou o mesmo argumento dizendo ter sido “sugado” pela Matrix após matar a proprietária de sua residência.

1. Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge (The Dark Knight Rises, EUA 2012): “Sou o Coringa”, disse o atirador James Holmes, de 24 anos, quando foi preso pela polícia do Colorado após matar 12 pessoas e ferir outras 59 durante a premiere do filme na cidade de Aurora. Holmes, com o cabelo pintado de vermelho, foi interceptado pelas autoridades no estacionamento do cinema, usando um colete à prova de balas e portando armamento pesado. Assim como Mateus Meira, o jovem também era estudante do curso de Medicina.

Fonte: UOL Entretenimento

  • No meio disso tudo, o Heath Ledger foi acusado de ser o responsável pela matança, segundo o próprio Holmes ¬¬ Depois essa lei SOPA ainda quer proibir a gente de baixar filmes pra assitir em casa..

  • Teve um caso em Recife durante a exibição de Tropa de Elite onde um Agente Penitenciario morreu: http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult9

  • Nossa, achei terrível o que aconteceu na exibição d'O Curioso Caso de Benjamin Button. É extremamente discrepante atirar pipoca e dar um tiro!

  • vini

    Só uma correção, achei muito tendenciosa falar que 'O Massacre de Columbine' teve alguma coisa com Matrix, visto que o filme foi lançado em março e o massacre ocorreu em abril.

    • gustavo

      não tem nada a ver com a estréia, no texto diz que o filme influenciou esses caras.

  • aaa

    Conclusão: evite sentar proximo a um estudante de medicina em cinemas…. hahaha

  • Rambo

    Esquecer do cara que descarregou uma submetraca na estréia de um dos fimes do RAMBO (acho que o 3) é um erro imperdoável.

  • John

    O cara do Cavaleiro das trevas não era estudante de medicina, fazia pós graduação em alguma área da Neurociência. E também acho forçado dizer que Matrix influenciou Columbine só por conta das roupas.

  • Deivid

    Aqui em um cinema de Recife o cara levou a amante pra ver 50 tons de cinza e aí a mulher dele estava na mesma sala e o viu, o pau quebrou dentro do cinema.