"Django Livre": o western de Quentin Tarantino!

Django Unchained, o aguardadíssimo faroeste sulista do cineasta Quentin Tarantino, teve seu primeiro trailer divulgado. Assim como Kill Bill era uma homenagem do diretor aos antigos filmes de artes marciais, Django Livre é uma ode aos antigos westerns spaghetti produzidos pelo lendário Sergio Leone (Era Uma Vez no Oeste) e estrelados por Clint Eastwood.

A trama, ambientada no sul dos Estados Unidos dois anos antes da Guerra de Secessão (1861-1865), mostra como o Django do título (interpretado por Jamie Foxx de Quero Matar Meu Chefe), um escravo de histórico violento com seus feitores, tem o seu destino completamente alterado depois de ser comprado e libertado pelo Dr. King Schultz (Christoph Waltz, Bastardos Inglórios), um caçador de recompensas alemão.

Treinado para se tornar um mercenário, Django parte para o Mississipi onde pretende resgatar sua esposa das garras de Monsieur Calvin Candie (Leonardo DiCaprio), o inescrupuloso proprietário de “Candyland”, uma fazenda-bordel onde escravas são negociadas como objetos sexuais e escravos são obrigados a lutar entre si.

Além dos já mencionados também estão no elenco Samuel L. Jackson (Os Vingadores), Kerry Washington (O Vizinho), Walton Goggins (da série Justified), Don Johnson (Machete), Zoe Bell (À Prova de Morte), James Remar (o pai de Dexter), Tom Savini (Um Drink no Inferno) e o veterano dos westerns italianos, Franco Nero (Cartas Para Julieta).

Sacha Baron Cohen (O Ditador) e Joseph Gordon-Levitt (O Cavaleiro das Trevas Ressurge) também estavam escalados, mas tiveram que se retirar devido a conflitos de agenda. Kurt Russell, que já havia trabalhado com o diretor em À Prova de Morte desistiu de interpretar um torturador de escravos por considerar o papel muito polêmico.

A prévia divulgada, além de um divertido e perigoso vilão interpretado por DiCaprio, traz todos os elementos tarantinescos que fazem a alegria dos fãs: diálogos afiados, frases de efeito e muitas referências pop. Confira:

Django Livre estreia em 25 de dezembro nos EUA (de olho em possíveis indicações para o Oscar) e em 18 de janeiro de 2013 no Brasil.