Confira a programação do 65º Festival de Cannes


A direção do Festival de Cannes divulgou a lista de filmes que participaram de sua 65ª edição, que acontece de 16 a 27 de maio na cidade francesa. E tem muita coisa interessante, com Moonrise Kingdom de Wes Anderson na abertura do evento e os aguardados Cosmopolis de David Cronenberg e Na Estrada do brasileiro Walter Salles em competição.

Aliás, o cinema do Brasil será o principal homenageado, como convidado de honra. O anúncio foi feito pelo responsável pela programação de filmes do evento, Thierry Frémaux. Nelson Pereira dos Santos, de 84 anos, receberá uma homenagem especial e, seu documentário, A Música Segundo Tom Jobim, será exibido em uma sessão especial.

Outros destaques são O Homem da Máfia, filme de máfia australiano estrelado por Brad Pitt; o francês Rust & Bone que traz Marion Cotillard (A Origem) como uma treinadora de baleias, The Paperboy, novo filme do diretor de Preciosa, Antiviral, primeiro filme de Brandon Cronenberg (filho de David), o policial Elefante Blanco dos hermanos argentinos, o thriller sul-coreano The Taste of Money e Hemingway & Gellhorn de Philip Kaufman, onde Nicole Kidman faz “fortes” cenas de sexo.

Ao todo, 1779 filmes foram inscritos, 54 longa-metragens (de 26 países) foram selecionados e apenas 22 competem pela Palma de Ouro. A mestre de cerimônias do evento será a atriz franco-argentina Bérénice Bejo, de “O Artista”, filme vencedor do Oscar, que foi lançado no Festival de Cannes do ano passado. Confira a programação completa abaixo.

Em competição:

  • “De Rouille et D’os”, Jacques Audiard (França)
  • “Holy Motors”, Leos Carax (França)
  • “Cosmopolis”, David Cronenberg (Canadá)
  • “The Paperboy”, Lee Daniels (EUA)
  • “Killing Them Softly”, Andrew Dominik (Austrália)
  • “Reality”, Matteo Garrone (Itália)
  • “Amour”, Michael Haneke (Áustria)
  • “Lawless”, John Hillcoat (EUA)
  • “In Another Country”, Hong Sangsoo (Coreia do Sul)
  • “The Taste of Money”, Im Sangsoo (Coreia do Sul)
  • “Like Someone in Love”, Abbas Kiarostami (Irã)
  • “The Angel’s Share”, Ken Loach (Grã-Bretanha)
  • “Dans La Brume”, Sergei Loznitsa (Ucrânia)
  • “Beyond the Hills”, Cristian Mungiu (Romênia)
  • “Après la Bataille”, Yousry Nasrallah (Egito)
  • “Mud”, Jeff Nichols (EUA)
  • “Vous N’avez Encore Rien Vu”, Alain Resnais (França)
  • “Post Tenebras Lux”, Carlos Reygadas (México)
  • “Na estrada”, Walter Salles (Brasil)
  • “Paradis: Amour”, Ulrich Seidl (Alemanha)
  • “The Hunt”, Thomas Vinterberg (Dinamarca)

Flmes que serão exibidos fora de competição, na abertura e encerramento do festival:

  • Abertura: “Moonrise Kingdom”, de Wes Anderson (EUA)
  • Encerramento: “Thérèse Desqueyroux” de Claude Miller (França)

Mostra “Um certo olhar”:

  • “Miss lovely” de Ashim Ahluwalia (Índia)
  • “La Playa” de Juan Andres Arango (Colômbia)
  • “Les Chevaux de Dieu” de Nabil Ayouch (Marrocos)
  • “Trois Mondes” de Catherine Corsini (França)
  • “Antiviral” de Brandon Cronenberg (Canadá)
  • “Le Grand Soir” de Benoît Delépine e Gustave Kervern (França)
  • “Laurence Anyways” de Xavier Dolan (Canadá)
  • “Despues de Lucia” de Michel Franco (México)
  • “Aimer à Perdre La Raison” de Joachim Lafosse (Bélgica)
  • “Mystery” de Lou Ye (China)
  • “Student” de Darezhan Omirbayv (Cazaquistão)
  • “La Pirogue” de Moussa Touré (Senegal)
  • “Elefante Blanco” de Pablo Trapero (Argentina)
  • “Confession d’un Enfant du Siècle” de Sylvie Verheyde (França)
  • “11.25 The Day He Chose his Own Fate” de Koji Wakamatsu (Japão)
  • “Les Bêtes du Sud Sauvage” de Benh Zeitlin (EUA)
  • “7 dias en La Habana” de Benicio del Toro, Pablo Trapero, Julio Medem, Elia Suleiman, Juan Carlos Tabio, Gaspar Noé e Laurent Cantet (EUA, Espanha, Argentina, Palestina, Cuba, França)

Outros filmes fora de competição:

  • “Lo e Te” de Bernardo Bertolucci (Itália)
  • “Madagascar 3 – Os Procurados” (EUA)
  • “Dracula 3D” de Dario Argento (Argentina)
  • “Hemingway & Gellhorn” de Philip Kaufman (EUA)
  • “Ai to Makoto” de Takashi Miike (Japão)

Especial pelo 65º Aniversário:

  • “Une Journée Particulière” de Gilles Jacob e Samuel Faure (França)

Exibição especial:

  • “Der Müll Im Garten Eden” de Fatih Akin (Alemanha)
  • “Roman Polanski: a Film Memoir” de Laurent Bouzereau (França)
  • “The Central Park Five” de Ken Burns, Sarah Burns, David McMahon (EUA)
  • “Les Invisibles” de Sébastien Lifshitz (França)
  • “Journal de France” de Claudine Nougaret e Raymond Depardon (França)
  • “A música segundo Tom Jobim” de Nelson Pereira dos Santos (Brasil)
  • “Villegas” de Gonzalo Tobal (Argentina)
  • “Mekong Hotel” de Apichatpong Weerasethakul (Tailândia)