“Chernobyl Diaries”: novo suspense do criador de “Atividade Paranormal”

Os fantasmas endiabrados dão lugar a criaturas bisonhas geneticamente deformadas pela radiação em Chernobyl Diaries, horror de baixo orçamento escrito e produzido por Oren Peli, diretor de Atividade Paranormal (2007). o longa mescla o mesmo estilo documental que eclipsou Peli e virou febre no mundo todo com uma filmagem mais convencional.

A trama é ambientada na cidade ucraniana de Prypiat – lugar onde moravam os operários que trabalhavam na usina nuclear de Chernobyl -, abandonada depois do acidente nuclear ocorrido em 1986, responsável pela morte de mais de 15 mil habitantes. Um grupo de seis amigos em viagem pela Europa, decide visitar o local em busca de um pouco de emoção. Lá, eles descobrem, tarde demais, que seres aterrorizantes escondem-se na escuridão.

A prévia divulgada, puro clichezão, lembra muito o recente “Grave Encounters” (inédito no Brasil) e promete muitos sustos e correrias noite à dentro:

A direção é de Brad Parker, supervisor de efeitos visuais de filmes como Clube da Luta (2002) e Deixe-Me Entrar (2010), que estreia na função. O ídolo juvenil Jesse McCartney (a voz do esquilo Theodore na franquia Alvin e Os Esquilos) é o único nome que merece menção no elenco de ilustres desconhecidos.

Peli co-escreveu o roteiro com os irmãos Carey e Shane Van Dyke, netos do grande ator Dick Van Dyke (Mary Poppins) e responsáveis por um montão de tranqueiras derivados de sucessos, entre eles Paranormal Entity (2009), Transmorphers (2009) e até, acredite, Titanic II (2010).

A Warner está botando a maior fé no longa, e lança Chernobyl Diaries em 28 de maio, o feriado do Memorial Day, ápice do concorrido verão americano.

  • Thiago

    Obaaaaa!
    Tomará que seja realmente bom, porque depois de “Filha Do Mal” fiquei até traumatizado, com medo de ir ver um filme assim, e saber que joguei meu dinheiro no lixo!
    Só vendo para saber!

    Alguma previsão para estrear aqui?

  • pelo menos esse vai sari em dvd com certeza aqui no BR