Home Listamania

Os 10 Melhores Filmes sobre Pedofilia


A internet é o maior veículo de propaganda de erotismo infantil da atualidade, o que multiplicou os crimes de pedofilia e estupro qual ervas daninhas na nossa sociedade. O cinema, que sempre flertou com a polêmica, explora essa perversão sexual – a atração de um indivíduo adulto ou adolescente por crianças menores de 13 anos – há muito tempo. Confira abaixo uma lista com ótimos filmes que discutem o tema sob diferentes olhares e fique à vontade para sugerir outros de igual importância.

10. O Desaparecimento de Megan (Megan is Missing, EUA 2011): O diretor Michael Goi (da série O Mentalista), utilizou sete casos verdadeiros para escrever o roteiro deste filme de baixíssimo orçamento sobre duas adolescentes, uma de 13 e outra de 14 anos, que se deparam com um pedófilo na internet. O resultado irregular não impede a fita de cumprir o seu “papel social” como alerta para pais e filhos. Os vinte minutos finais abusam do bom senso, mas é praticamente impossível não se sentir incomodado e impotente.

9. Sobre Meninos e Lobos (Mystic River, EUA 2003): Baseado no livro homônimo de Dennis Lehane, o longa conta a história de três amigos de infância que acabam se separando após um deles sofrer uma experiência traumática – sequestro e abuso sexual por dois homens. 25 anos depois, outra fatalidade faz com que eles se reaproximem e tenham que enfrentar não só os fantasmas do passado, mas também os problemas do presente. Drama intenso, com personagens profundos e verossímeis, dirigido com maestria por Clint Eastwood.

8. MeninaMá.com (Hard Candy, EUA 2005): Ellen Page (então com 19 anos) faz uma garota de 14 que marca encontro pela internet com um fotógrafo de 32 anos (Patrick Wilson). As coisas não são como parecem e quem cai no “Boa Noite Cinderela” é o sujeito, sem saber que ela planejou uma vingança acreditando ser ele o pedófilo e possível assassino de uma amiga. Um filme tenso, repleto de diálogos sarcásticos  que mostra o submundo da internet e os perigos aos quais ela pode oferecer a quem recorre a este tipo de mecanismo para encontros amorosos.

7. Pecados Íntimos (Little Children, EUA 2006):  Jack Earle Haley (o Rorschach de Watchmen) é um molestador de crianças que sai em liberdade condicional para morar com a mãe num bairro tranqüilo, rico e familiar. O desconforto de todos é geral diante da potencial ameaça. Porém, logo se percebe que ele é apenas o lado visível da podridão que aquela sociedade oculta sobre os tradicionais pilares das aparências. Cada personagem a seu modo, têm perversões e profundas tristezas a esconder. Longa tenso e sufocante, repleto de atuações brilhantes. A memorável seqüência da piscina, na qual o pedófilo é expurgado do lugar como um vírus mortal, diz tudo e mais um pouco.

6. A Menina do Fim da Rua (The Little Girl Who Lives Down The Lane, EUA 1976): Uma Jodie Foster inspirada com apenas 14 anos faz o papel título, uma ninfeta cujo pai, um suposto escritor, está sempre ausente. Seu cotidiano misterioso desperta a desconfiança do bairro, sobretudo de um vizinho do final da rua que fica obcecado sexualmente por ela e passa a assediá-la incessantemente. Esta trama escabrosa leva o filme além da pedofilia, expondo temas igualmente melindrosos: repressão sexual, libertinagem e manipulação através da sensualidade.

5. O Lenhador (The Woodsman, EUA 2004): Pedófilo de meia-idade ganha a liberdade após cumprir 12 anos de prisão. Ignorado pela família e desprezado pelo terapeuta indicado pela justiça, ele vive sozinho, lutando contra seus demônios e convivendo com o medo constante de recair em seus antigos hábitos. Kevin Bacon em atuação discreta engrandece este longa perturbador que fala de preconceito e desconfiança. Para quem não se lembra da história de Chapeuzinho Vermelho, foi o lenhador quem tirou a garotinha do ventre do lobo mau.

4. Anjos do Sol (Brasil 2006): Inspirado em histórias reais, o longa acompanha a trajetória de Maria, garota pobre de 12 anos vendida pelo pai, que vai parar num bordel nos confins do Amazonas. Na noite de sua chegada, Maria é vendida para um fazendeiro que pretende presentear seu filho, de modo que ele possa perder a virgindade. Exportada para um outra “casa de tolerância”, é submetida, junto com as demais jovens do lugar, a fazer até trinta programas em uma noite. Sensível, contundente e real, este filme nacional é um retrato da sociedade cruel na qual vivemos. Sem apontar culpados, a produção faz pensar.

3. Confiar (Trust, EUA 2010): Diferente das películas que abordam os delicados temas de estupro e pedofilia, aqui o argumento procura focar no pós-trauma envolvendo a vítima e seus pais, no caso, uma garota de 14 anos, seduzida através da internet por um predador sexual. Drama atualíssimo, quase um “manual de sobrevivência” para os pais cujos filhos menores ficam horas ininterruptas batendo papo em salas de chat.

2. Michael (Austria 2011): Seco e cortante, o longa mostra os últimos meses na vida do personagem-título, um sujeito aparentemente comum de 35 anos, de boa índole, bancário, que vai a missa todos os domingos e… mantém em cativeiro um menino de 10 anos. Num momento, Michael está montando um quebra-cabeça com a criança, no outro limpando o pênis cheio de fezes com extrema naturalidade. O filme incomoda muito por abordar o tema de forma fria e distanciada, sem condenar o protagonista.

1. Lolita (Estados Unidos / Inglaterra 1962): Baseado na controversa obra-prima do escritor russo Vladimir Nabokov, o longa narra a tentação de um homem inglês que se apaixona perdidamente, à primeira vista, por uma jovem de 12 anos. Para estar sempre próximo a garota, casa por conveniência com a mãe dela. Com o decorrer da história, os dois começam a ter um caso de amor e sexo. Se hoje em dia o tema já é delicado, imaginem nos anos 1960, quando o filme foi lançado. Naquela época, Kubrick estava apenas começando a sua fama de diretor polêmico.

Comente usando o Facebook

50 Comentários

  1. Em Lolita é lógico que o tiozão vai se apaixonar por a novinha , lindinha com cara de safada. Pedofilia sim…
    O filme é NOJENTO. Ele fica tentado a transar com ela daí no final das contas ela não quer nada com ele e o tiozão babaca apaixonado.

  2. Os filmes muito bons também é "PRECIOSA" e "ABUSO SEXUAL" que conta a historia de 6 irmãos, sendo quatro meninas e dois meninos que são horrivelmete abusados pelo proprio pai e negligenciados pela mãe, uma das filhas ja entrando na adolescencia chega a engravidar do proprio pai, e quando adultas e cheias de traumas resolvem mover uma ação contra o pai já idoso (filme chocante e baseado em fatos reais).

  3. Faltou o filme Um olhar do paraiso não me canso de assistir e choro toda vez, aborda com muita sensibilidade o tema.

  4. Acho q O Lenhador trata o protagonista de forma irreal como se fosse um coitadinho, ao contrário de Michael.

  5. Não vi nada pedófilo nesse lolita, não. A garota parece ter já uns 19 anos! só o coroa q tem uma cara de nojento! kkkkk de resto é um filme mto chato.

  6. Um filme q ví tbém e q foi muuuito bom e ao msm tempo CHOCANTE D+, foi o filme: "Por Trás da Fé". A história d padres q até o dia d hoje se aproveitam da fé e confiança das famílias p/ satisfazerem seus desejos + escusos!

  7. Assistam tabm "Tabu" – Alicia Erian. Ele tem cenas fortes, mas o filme muito bom porque mostra como e ela se sente e todas as duvidas sobre sexualidade. O modo como ela foi abusada é muito conturbador mas eu gostei do filme.

  8. Sugeriria "For a Lost Soldier", que apesar de maquiado, é um dos filmes mais verossímeis que já assisti sobre o tema !

  9. Assisti ao filme "Confiar" ontem com meu marido, vale a pena. O filme " meninamá.com" eu já havia assistido há um tempo, posso dizer que é de lavar a alma… vc chega a ter pena do pedófilo…

  10. Peço que respeitem Lolita, pois a história pertence ao senhor Vladimir Nabokov, um dos maiores escritores de todos os tempos, a história foi a mais genial do mestre russo, se alguem só ler pensando na pedofilia, não irão entender nada, assim como o filme não revela toda a história. Não é simplesmente pedofilia, é uma história de desespero e problemas em relacionamentos. Sua relação com Dolores é de livre expressão de um amor confuso, não pela diferença de idade, e sim por ser uma paixão vazia porem em parte honesta, não há estrupo, a garota se mostra disponivel para ele, os dois são problemáticos e por isso nada se acerta, o resultado da tentativa de continuar o relacionamento leva a um desespero total para quem está lendo, pois Nabokov possui um perfeito jogo de palavras que nos faz mudar de opinião em pouco tempo. A pedofilia de Humbert Humbert é resultado de uma vida de amor em profunda confusão, ele vem da França com seu sarcasmo triste e fazendo pouco da vida americana mostrando que conflitos no amor e falta de entendimento pode nos levar a situações nada previstas terminando em algo triste e inesperado. O fim da história revela que a dor da vida é inemaginavel, mas que só ele poderia sentir isso, narrado em 1º pessoa, as palavras são dolorosas de um homem que faz desdem da vida e do que ele poderia curtir, Lolita é a prova que devemos ser responsáveis e sinceros no amor para não cair em armadilhas cruéis em nossos relacionamentos. Sinceridade, alguem definir Lolita como pura pedofilia é um atestado de burrice intelectual. È por isso que a cultura não avança, se não entendem pelo menos não julguem errado.

    • Nelson realmente não acho que a Lolita abrange somente a pedofilia, abrange tudo o que vc falou e um pouco mais, porém o que não se pode esquecer é que uma pessoa seja ela homem ou mulher que tem 12 anos ainda não é responsável nem pelo corpo, nem pelos atos e muito menos sentimentos, portanto um homem ou mulher que está em sã consciência não se pode deixar enlaçar por este tipo de desejo. Creio que se você tivesse passado por isso como eu passei saberia do que estou falando, ou se tivesse uma filha que tivesse a inocência roubada aos 12 anos não entenderia como o homem pode fazer isso com ela. O que foi relatado tanto em livro como em filme é a mais pura realidade e acontece quase que todos os dias, cabe a nós não aceitar um conceito como o seu assim de forma tão natural, muitas vezes se esquecendo do quão sério e perigoso é este assunto, até hoje tenho problemas psicológicos e sei que tenho que enfrenta-los sozinha, porém o homem que me tirou talvez o q eu tinha d mais valioso está tão convicto qto vc de que não fez nada de errado. Pense sobre o assunto, nossas opiniões sempre podem mudar de acordo com nossas experiências.

        • Aline, eu compreendo seu lamento e critica a fala do colega. Não é possível ver com naturalidade uma adolescente que esta com os hormônios saltando, os valores ainda em construção para decidir o quem é efetivamente para entrar em uma relação com alguém que já é completo em tudo, com conhecimento, artifícios e malicia o suficiente para levar na conversa uma ou um adolescente ainda em seu período de desenvolvimento corpóreo, hormonal, crítico, intelécto… , penso que uma adolescente ou uma criança tem o DIREITO de formar sua personalidade em um ambiente sadio onde ela possa descobrir cada etapa de sua vida no seu tempo. E não ver isso roubado por alguém que a quis por não resistir o corpo de ninfeta e uma alma altamente feliz e inconsequente. Assim, eu também não consigo ver com naturalidade a questão de um amor tao desigual no sentido de um ter todo conhecimento e o outro ser levado por impulsos. Bom, acredito em amor com diferença de idade, porém os dois com maturidade para entender que se amam de verdade.

        • Carol, respeite o comentário alheio, a não ser que você seja a favor da pedofilia e perversão infantil. Corre lá e vai ser abusada por alguém, ou estuprada na sua rua quando tiver voltando dos seus afazeres diários. Deve ser muito legal mesmo né? Ser abusada deve o máximo. Ai depois tu corre aqui e conta pra gente como foi essa maravilhosa experiencia ok? Beijão

      • concordo plenamente cm vc!!! Cada um sabe da sua dor,as pessoas falam mas nao sabem o q eh sentir na pele como vc msm disse quem comete este ato esta convicto de que não fez nada demais…mas quem sofre o abuso leva este trauma para o resto da vida…e nada nem ninguém o faz esquecer este trágico acontecimento…eh horrível demais ter que conviver com essas terríveis lembranças :(
        Mas como Deus eh maior que a justiça da terra… um dia esses monstros irão pagar e muito karo!

  11. ta de parabéns a lista ta nota 10 já assisti alguns filmes que estão nessa lista e realmente a lista esta certíssima

  12. Achei esses filmes bem pertubadores mesmo…

    Mas esse filme que austriaco que se chama Michel rendeu boas criticas, estou pensando em assisti-lo, será que alguem poderia me informar onde encontre ele disponivel ?

  13. Assisti alguns deste das listas, mas nenhum mexeu tanto comigo quanto um filme que assisti quando era criança. A história se passa em uma cidade de tamanho médio dos Estados Unidos ou Inglaterra e nela um grupo de amigos é preso após roubarem um carrinho de hot dogs e acabam sendo enviado par uma penitenciária para menores. Lá eles são abusados pelos guardas e quando saem não conseguem falar para ninguém o que acontece por lá. Anos mais tarde, mais velhos, acabam criando uma espécie de conspiração para matar e prender os guardas molestadores. Não sei se o filme é bem feito a ponto de impressionar, mas para uma criança como eu assistir aquilo foi bem aterrorizador. Pena eu não me lembrar do nome do filme.

  14. É uma pena que a maioria dos brasileiros não conheçam Anjos do Sol, já que o orçamento dele foi dado pelo próprio Governo Federal para que denunciassem o descarado mundo da exploração sexual de crianças e adolescentes em regiões em que nem quem pagou para o filme ser feito chegou ainda.

    De resto não cheguei a assistir nenum…

  15. Esses tipos de filmes são extremamente difíceis de criticar penso eu, mas cada um a seu modo fala de uma mesma questão , que causa em nós sempre medo e aversão !
    Mas são importantes, pois retratam infelizmente o que acontece na sociedade e penso ser essa uma das várias funções da sétima arte.

  16. O filme lolita não assistiria, o filme recente, Michel parecer condizer sobre um trabalho que tenho que entregar ate o dia 30/11 nisso se puder me passar mais detalhes sobre o filme para que eu possa baixar ou comprar agradeceria.

    Desde já obrigado. Boa Noite !

    • Mas é uma breve passagem sobre o assunto que tem no filme"Efeito Borboleta", o que não é o caso dos outros, que abordam o assunto na íntegra.
      Grata

    • Por incrível que pareça Lolita é vendido por bem mais do que realmente é.Quem teme ver esse filme pelas possíveis cenas "nojentas" pode relaxar, o polêmico desse filme é a história dele e não as cenas …

Deixe uma resposta: