O filme mais triste do mundo

A Smithsonian Magazine divulgou o resultado de um estudo realizado por dois cientistas listando dezesseis clips de curta-metragem com maior probabilidade de provocar emoções específicas. A pesquisa foi conduzida de 1988 a 1995 pelo professor de psicologia Robert W. Levenson e o então aluno de graduação James J. Gross, da Universidade da Califórnia, com o intuito de medir as reações e emoções de um grupo de voluntários.

De acordo com os pesquisadores, é difícil nomear o filme mais “raivoso” de todos os tempos ou o mais “surpreendente”, mas tristeza é uma emoção mais quantificável. Levando em conta este dado é que O Campeão (1979), dirigido por Franco Zeffirelli e estrelado por Jon Voight, foi considerado o filme mais triste do mundo, visto a quantidade despejadas de lágrimas quando a cena final do drama era exibido.

Levenson e Gross explicam a metodologia utilizada:

“O Campeão” foi utilizado em experimentos para ver se as pessoas deprimidas são mais propensas a chorar do que as não-deprimidas  (não são). O filme tem ajudado a determinar se as pessoas estão mais propensas a gastar dinheiro quando estão tristes (gastam) e se as pessoas mais velhas são mais sensíveis à dor do que as mais jovens (idosos relataram mais tristeza quando assistiram a cena). Cientistas holandeses usaram a cena final quando estudaram o efeito da tristeza em pessoas com distúrbios da compulsão alimentar (tristeza não aumentou a vontade de comer).

Os outros filmes citados no estudo e que despertaram outras emoções são os seguintes:

Diversão: Harry e Sally – Feitos um para o Outro (1989) e Robin Williams Ao Vivo (1986)

Raiva: Cuidado com Meu Guarda-Costas (1980) e Um Grito de Liberdade (1987).

Contentamento: Cenas de praia, com ondas.

Nojo: Pink Flamingos (1972) e uma cena de amputação

Medo: O Iluminado (1980) e O Silêncio dos Inocentes (1990).

Neutralidade: Formas abstratas, barras de cor.

Tristeza: O Campeão (1979) e Bambi (1942).

Surpresa: Capricórnio Um (1978) e Vítimas de uma Paixão (1989).

Clique aqui e assista a lacrimosa cena de O Campeão, sabendo que se trata do epílogo do filme!

  • Vinicius Colares

    Não é bem o filme, e sim a cena vista isoladamente.

  • Raphael

    Tudo bem que O Campeão e Bambi são bem tristes,mas pegar esses dois filmes como se não houvesse outros filmes filmes tristes no mundo e, chamar um deles de o filme mais triste do mundo é sacanagem.Tantos filmes mais tristes por aí como Preciosa, Titanic, etc.

    • A pesquisa foi feita de 1988 a 1995, Raphael. Nem Titanic nem Preciosa haviam sido lançados.

      • Sendo assim o título do post deveria ser "O filme mais triste de 1988 e 1995" ao invés de "O filme mais triste do mundo".

  • Cemitério dos Vagalumes tinha de estar aí…. Quem não chorar nesse filme pode ser considerado "moralmente desconfiável"…

    • alessandro

      Realmente Cemitério dos Vagalumes é bem triste, mas acho q muita gente não conhece esse desenho japones.

  • truco!!!

    Esse filme, O Campeão, é bem triste mesmo. Mas Franco Zefirelli é um FDP pra manipular as emoções dos espectadores.

  • Não tenho emoções em filmes, mas o episódio da despedida do Barco Going Merry no anime One Piece foi triste para caralho :'( pqp.

  • Nilson

    AMISTAD, de Spielberg.

  • Chico Barros

    Nesse quesito, E.T. de Spielberg, também é phoda!

  • marina

    Argh nem axei esse filme tão triste prefiro sempre ao seu lado!!

  • BlinkEvans

    Concordo. Funeral do Going Merry do One Piece foi muito mais foda que qualquer outro 🙂

  • Realmente o Campeão é muito triste, mas Marcelino Pão e vinho,achei muito mais emocionante e dificil segurar as lagrimas.

  • Eduardo rocha

    Alguem ja chorou quando viu o filme SEMPRE AO SEU LADO. Filme é baseado em fatos reais. é uma lição! ….. alguem poximo morre e esse cãozinho ficou esperando pelo seu dono por quase 10 anos!