Robôs gigantes invadem os cinemas em 2011

Parece que a fixação dos japoneses por robôs gigantes contaminou os norte-americanos. Dois longas envolvendo os monstrengos aportam nos cinemas em 2011 e prometem fazer muito barulho (leia-se grana). E a briga pela audiência já começou: Transformers 3 e Real Steel tiveram seus trailers divulgados no mesmo dia!

Transformers: Dark Side of the Moon, segunda sequência da ficção estrelada pelos robôs da Hasbro chega às telas em 1º de Outubro (lançamento mundial). A prévia, que não traz nenhum dos rostos conhecidos da série, mostra a chegada da Apollo 11 à lua, no final da década de 60. Não demora muito para o astronauta Neil Armstrong virar espião e encontrar, numa operação secreta, uma nave transformer no lado escuro da lua. Assista:

Muito se especula sobre a identidade do robozão que aparece no final do trailer (será um parente de Jigsaw?) e os transformaníacos de plantão já estão apostando em Alpha Trion, “um dos sete transformers originais criados pelo deus Primus”. Boatos também indicam que a Hasbro teria licenciado um brinquedo (Leader Class) como o nome de Alpha Trion e, pela aparência, seria mesmo ele.

No elenco estão Shia LaBeouf, Patrick Dempsey, John Malkovich, Frances McDormand, John Turturro e Josh Duhamel, entre outros. Megan Fox, que era uma das únicas melhores coisas da série, chegou a rodar algumas cenas preliminares, mas quebrou o pau com a equipe de produção e foi substituída pela modelo Rosie Huntington-Whiteley. Na direção, novamente o famigerado Michael Bay, que comandou os anteriores.

E do outro lado do ringue, estreando em 7 de outubro de 2011: Wolverine! Bom, ao menos, Hugh Jackman, protagonista de Real Steel, sci-fi futurista de robôs boxeadores que parece uma mistureba de Rocky Balboa com Transformers.

A história se passa em 2020, quando o boxe humano foi proibido e robôs humanoides pesos-pesado assumem o espetáculo. Jackman vive Charlie Kenton, um ex-lutador que viu sua carreira desmoronar após perder um importante título. Disposto a voltar ao topo, ele se une ao filho adolescente (Dakota Goyo) para construir e treinar um robô para ser campeão. O problema é que eles só conseguem acesso a peças de baixa qualidade, o que prejudica suas chances – até descobrir um ferroso descartado que vence sempre. Confira:

A direção ficou a cargo de Shawn Levy, mais conhecido por comédias como Uma Noite no Museu e A Pantera Cor-de-Rosa. No elenco também estão Evangeline Lilly, Anthony Mackie e Hope Davis, só para citar os mais conhecidos. Real Steel se baseia num conto escrito por Richard Matheson (A Caixa), que também virou episódio da série Além da Imaginação.

Detalhe: Os dois longas-metragens tem o mago Steven Spielberg como produtor executivo. O sujeito deve mesmo gostar muito de robôs (ou de dinheiro)!

  • Melk

    cara, so fã dos tranformers e tenho certeza qe 3° filme vai um filmão…

    e sobre Real Steel: acho Steven gosta dos dois…

  • eu pensava que real steel era baseado naquele briquedo infantil, eu lembro que u tiha quando criança os dois robozinhos que agente controlava no ringue, não lembro o nome.

  • lucas

    o transformers concerteza vai se um filmaço
    mas o real steel não parece ser tão legal

  • fernando bezerra

    apesar do primeiro transformers ser difícil de se entender o que se passava na tela (as imagens ficavam visíveis apenas por uns 2 seg.) eu gostei muito. o segundo foi um deserviço a série. uma porcaria que eu faço questão de nem comprar dos camelôs.
    perderam uma chance de ouro d reunir as séries clássica e o transformers beast wars. no começo do segundo longa eu até pemsei q fosse ver o optimus prime ou os predacons sendo adorados pelos homens primitivos…o q foi frustrante para mim.
    o terceiro assistirei já sem esperança,pois se algo d bom aparecer eu estarei no lucro.