Os 10 Piores Filmes de Natal

A figura bondosa e rechonchuda do Papai Noel já foi aproveitada em vários títulos que usam a imagem como isca para bilheterias natalinas. Mas acertar em filme com a premissa da reunião familiar é tão fácil quanto errar. Quer ver o seu Natal ir pro saco? Basta escolher algum dos longas listados abaixo e fazer um sessão com toda a família!

10. Papai Noel Conquista Os Marcianos (Santa Claus Conquers the Martians, 1964): Este trash é dificil de encontrar nas locadoras e provavelmente nenhum canal de televisão vai se atrever a exibi-lo de tão datado. Na trama, marcianos revoltados invadem nosso planeta para sequestrar Noel. O bom velhinho então, resolve derrotar os descontentes alienígenas usando a alegria, a felicidade e muito espírito natalino. Edificante, mas ordinário.

9. Milagre na Rua 34 (Miracle on 34th Street, 1994): Esta refilmagem homônima do clássico dos anos 1940 – que aqui no Brasil recebeu o título De Ilusão Também Se Vive – é ruim de doer. Richard Attenborough (o velhinho de Jurassic Park) passa a maior vergonha no papel do sujeito esquizofrênico contratado para se vestir de Papai Noel durante o Natal e que acaba confundindo fantasia com realidade.

8. Oito Noites de Loucura de Adam Sandler (Eight Crazy Nights, 2002): Uma tentativa mal sucedida do comediante Sandler através de sua produtora Happy Madison em fazer um desenho com tema natalino (na verdade, o Hanukkah, a festa judia que acontece na mesma época). Nem os interlúdios musicais se salvam nesta produção tosca que foi um fracasso de bilheteria nos EUA, e saiu por aqui direto em DVD.

7. A Revolta dos Brinquedos (Toys, 1992): Se for verdade que de boas intenções o inferno está cheio, o diretor Barry Levinson já garantiu sua vaga na fila com esta decepcionante produção estrelada por Robin Williams. Aqui, ele interpreta um idiota que deseja salvar a fábrica de brinquedos de seu falecido pai da ambição de um tio malvado (Michael Gambon, pagando mico), um general que constrói armas disfarçadas de brinquedos (!).

6. Santa Claus – A Verdadeira História de Papai Noel (Santa Claus – The Movie, 1985): Não acredite neste título farsesco que hora nenhuma menciona o nome de São Nicolau. Dudley Moore faz um duende do Pólo Norte que resolve aventurar-se em Nova York e acaba sendo explorado por um ganancioso magnata da indústria de brinquedos. Reprisado a exaustão pelo SBT, aparentemente ninguém percebeu a ironia do roteiro que explica para as crianças como funciona o capitalismo predatório.

5. Um Natal Muito, Muito Louco (Christmas With The Kranks, 2004): Difícil saber o que é pior: o título nacional ou esta comédia bobalhona estrelada por Jamie Lee Curtis e Tim Allen. Os dois são um casal que, após decidirem viajar para o Caribe durante o feriado, são surpreendidos com a noticia de que a filha vem passar o Natal com eles. o que deveria ser uma comédia sobre reunião familiar e desastres de festas programadas na última hora, vira uma sequência de piadas fracas e clichês.

4. Trilogia Meu Papai é Noel (The Santa Clause, 1997, 2002 e 2006):  O ator Tim Allen é “sinônimo” de Natal… pelo menos para os norte-americanos. O cara dá sempre um jeitinho de estar ligado a alguma produção natalina. Aqui, ele faz um vendedor de brinquedos que substitui Papai Noel após um acidente e acaba se transformando no próprio bom velhinho. O original dá até para engolir mas as sequências são pavorosas, repletas de personagens esdrúxulos e diálogos risíveis.

3. Titio Noel (Fred Klaus, 2007): Um filme que prova que até o bom velhinho tem uma família problemática. Vince Vaughn interpreta o irmão do Papai Noel, um ex-presidiário que sempre se meteu em encrencas. Procurando se reabilitar, ele se muda para o Pólo Norte, onde começa a trabalhar na fábrica de brinquedos e provoca a ira dos duendes. Pagando mico ao lado de Vaughn estão Kevin Spacey, Elisabeth Banks e Paul Giamatti.

2. O Grinch (How The Grinch Stole Christmas, 2000): Esta barulhenta e exagerada produção estrelada por Jim Carrey (sob toneladas de maquiagem) subverte tudo que a obra infantil do Dr. Suess prega – anti-materialismo, austeridade e simplicidade. O personagem título é uma criatura verde e mesquinha que durante a noite de Natal resolve se vestir de Papai Noel e sair pelas casas assaltando e roubando todos os presentes.

1. Sobrevivendo ao Natal (Surviving Christmas, 2004): Ben Affleck passou uma época de sua carreira escolhendo filmes ruins para atuar e este aqui é a cereja estragada do bolo. Ele interpreta um yuppie desalmado e solitário que paga a família que está morando na casa em que cresceu para passar o Natal com ele e fingir que são seus parentes. Tenebroso em todos os sentidos, sobrou até mesmo para o Tony Soprano (James Gandolfini interpreta o pai da família “alugada” pelo personagem de Affleck).

  • Hehehe, boa escolha do Sobrevivendo ao Natal. O filme é terrível, terrível 🙂

  • Na minha opinião o Grinch é o melhor filme de natal, ele é inocente (apesar dos planos malignos do próprio Grinch) e é engraçado.
    Acho que foram injustos colocando esse filme na lista………………………….

    • Olá, Samara. Eu até achava o filme mediano até ler a versão do Dr. Seuss. Procure nas livrarias, ele vai mudar seu conceito em relação ao filme 😉

  • Luana

    Ah ! O Grich não deveria estar aí não ! É ótimo ! eu a doro,pode até parecer infantil mas eu dou risada com o grinch ! 😀

  • Robinson

    Não assisti a todos os filmes dessa lista, mas "O Grinch" não deveria estar ai. Independente do livro infantil "The Grinch Stole Christmas" ou do desenho "O Grinch: o Conto Animado" serem bons, não interfere no filme de Jim Carrey, que é uma outra produção. O livro é muito bom mas o filme também é bom.

  • eliandra

    quem é voce para fala mal dos filmes ?Voce pelo menos sabe fazer algum ? Não que todos os filmes seja bom mas voce não é ninguem para criticar o trabalho dos outro!

    • Isto chama-se DEMOCRACIA, eliandra.

  • Eduardo

    Não assisti a todos os filmes da lista, mas se tem um que eu concordo plenamente é "O Grinch", tanto é que já tentei assisti-lo algumas vezes e nenhuma delas eu consegui chegar ao final, e, ao contrário de várias pessoas, não consigo achar a menor graça. Pra mim, filme totalmente descartável.

  • eliane

    Caro colega, não confunda democracia com arrogância … filmes de natal tem um público certo, movido pelo sentimentalismo da época … porisso odeio críticas, sempre acho que debaixo delas existe um ser humano profundamente frustrado ..

    • Eliane, enxergo o Natal como um periodo para semear a união e o amor entre as pessoas, afinal, é o "aniversário" de Cristo que morreu para nos salvar. Não uma época para promover o consumismo desenfreado maquiado de sentimentalismo.

      • Valium

        BOA RESPOSTA!!! "porisso(sic) odeio críticas"

        Essas pessoas imaturas, que não aguentam uma crítica totalmente impessoal como a crítica de um filme, imagine uma crítica pessoal??? gente fraca.

  • Percant

    Caraca!!! É a primeira vez que leio que alguém não gostou de "O Grinch". Pensei que eu era a única! Faço das palavras de Eduardo as minhas: Também nunca consegui chegar ao final e nem me esforço mais em tentar!

    • Graziela

      KKKKk! Eu tbm nunca consegui assistir de uma vez só! Sempre via partes do filme! E odeio o Grinch! ¬¬ E fala sério, as pessoas não aceitam uma crítica mesmo hein! O.o #MEDO

  • Danielle

    Eu gosto muito do filme o Grinch mas fiquei curiosa p ler a versão do Dr. Seuss.

  • @Cause_This

    Ainda não li a versão do Dr.Seuss mais mesmo podendo ser diferente não vou deixar de gostar da versão cinematográfica pois pode ser diferente mas não canso de assistir O Grinch e acho maravilhoso filme. Já assisti O Grinch pelo menos quase 200 vezes, no Natal na NTN e em alguns canais repetem o dia todo e eu sempre vejo e nunca me canso, gosto também muito da história do Grinch sobre os Ovos Verdes Com Presunto, eles fizeram em desenho/animação direto do livro, apesar da história ser repetida acho que todo mundo gosta de tentar falar tudo o que ele fala até gostar de ovos verdes com presunto.

  • Lucas

    Vc é um pessimo critico 😉

  • Mirian

    Prá mim vc é um babaca frustrado…odeio os critícos de cinema, vcs não tem mais o que fazer e ficam colocando defeitos aonde não existem…se trata de puro entretenimento…é só diversão, e se é diversão pq saber do fundo literário? então vamos falar tb da Branca de neve, Alice no país das maravilhas e acabar com os sonhos de toda a infância…no mínimo vc não teve.