Home Trailers

Prepare seu estômago para Centopeia Humana!


The Human Centipede (A Centopeia Humana) causou furor em todos os Festivais de Cine Fantástico por onde passou. A produção holandesa de baixíssimo custo, filmada totalmente em video digital, traz uma premissa perturbadora e doentia que fez muita gente abandonar as sessões antes do final.

A trama narra as desventuras de duas belas garotas americanas em viagem pela Europa que acabam com o carro quebrado num bosque da Alemanha. Ao procurar por ajuda, encontram uma casa isolada onde o proprietário se identifica como um médico aposentado especializado em separar irmãos siameses.

Na manhã seguinte, acordam amarradas juntas com um turista japonês em um hospital improvisado num porão. Os três “pacientes” serão unidos em uma horrível operação. O cirurgião planeja conectar o trio pelo sistema gástrico, realizando assim a fantasia de sua vida: a centopéia humana.

Tom Six ao buscar por produtores para investir no filme não entrou em detalhes quanto ao método do cirurgião para unir as pessoas. O script completo também só foi revelado aos atores no último momento. Em uma bizzara entrevista para a revista Fangoria, o diretor confessou que “centopéia” era sua brincadeira(!) preferida quando criança.

Dieter Laser, o ator que interpreta o cirurgião já está sendo comparado a Robert Englund (o primeiro Freddy Kruger) e Anthony Hopkins (Hannibal Lecter). O fato de sua nacionalidade ser alemã não foi por acaso. Six quis fazer alusão aos experimentos nazistas com judeus realizados durante a Segunda Guerra Mundial.

O filme teve estreia limitada nos EUA no inicio do mês (através do sistema “on-demand”, onde o público pedia em quais cidades gostaria de ver o filme exibido) e por aqui só deve sair mesmo em DVD. Empolgado com a repercussão da sua obra nos quatro cantos do mundo, o amalucado Six já prometeu uma sequência para breve. A segunda parte vai ter 12 pessoas unidas!

Comentários no Facebook

30 Comentários

  1. Bom filme. Terror psicológico forte. Excelente atuação dos atores, principalmente do médico louco, o ator alemão Dieter Laser, que interpretou muito bem. Recomendo para todos fãs de filmes de terror. Logo assistirei o segundo filme e aguardo o terceiro para 2013, que é a sequencia final.

  2. sinceramente o medico tem um trauma doentio quer poder ser revelado durante o segundo filme da serie. mas pra mim sao de pouca importancia porque isso na verdade aconteceu na alemanha durante o holocausto com direito a chicoteadas e abusos totalmente sexuais de dar nojo no jackie (inglaterra 1945).

    l

    l

    l_______death note

  3. Putz…sinceramente, o filme é um terror psicológico puro, fazer você se imaginar naquela situação. Agora notaram a nenhum pouco sutil apologia a Josef Mengele, médico nazista alemão que fazia experiências com os judeus e dentre elas a de unir gêmeos?? Gritanteee essa comparação, inclusive pelo fato de se passar justamente na Alemanha. Não achei o filme bom. Curioso seria a palavra mais adequada.

  4. O tema é justamente o melhor, por ser original. Tirando os asiáticos e alguns europeus, poucos conseguem trazer abordagens novas e que realmente assustam e provocam no terror/fantasia. O Tom Six fez este com baixissimo orçamento, e para quem não viu, é até estranho dizer que tenha um certo humor no filme. Mas já estão filmando a segunda parte e o Tom diz que este primeiro é para as pessoas se familiarizarem com a situação e no buscará a originalidade e trabalhar com os limites extremos que a premissa oferece ( ele diz que esse parecerá desenho infantil quando for comparado com o próximo. Medo!).

    Mas no geral levanta boas questões, mesmo sem ser tudo isso, é um bom filme no gênero. Aborda essa animalização do ser humano. Eu mesmo em filas de banco ou serviços públicos a partir de agora sinto como se estivesse nessa experiência rsrsrs.

  5. filme ridículo! tema ótimo , porém depois que ele junta as pessoas fica com aquele clima de "e agora?"

    muito chatinho!

  6. Só gerou polêmica porque a "ligação" corporal é feita entre a boca e o ânus… o que pra muitos de nós (sim, eu também me incluo) é um tabu na sociedade… é bizarro, diferente dos nossos costumes. Se fossem os personagens ligados por outras partes do corpo, talvez nem tivesse tanto impacto como teve. E se o objetivo era chamar a atenção dos espectadores.. parabéns pros produtores, eles conseguiram! Eu por exemplo, depois de tudo que li e vi a respeito, fiquei curiosa e vou assistir.

  7. Assisti ontem no SP Terror. O filme têm alguns problemas como o uso de alguns clichês de filmes de terror, que mesmo fazendo sentido para a trama, ficou meio mal estruturado. Mas é um bom filme no estilo, exasperante pela situação que assusta mais depois do filme do que na hora.

    Para quem está em São Paulo alem deste filme têm também uma pequena mostra do Takashi Mike lá no Cinesesc dentro do festival. Como um todo, um filme como "Visitante Q" consegue ser mais original e impactante que este.

  8. Vamos lá:

    Quando ouvi – li – sobre tal filme, fique curioso, pois terror é comigo mesmo. Entretanto, após assisti (é eu assisti), e procurar por criticas quanto ao filme (fiquei sabendo que haverá uma continuação??????), e deparei-me com um depoimento, aparentemente do próprio diretor que revela que “buscou orientação de um cirurgião real”, lendo isso eu me pergunto: por que cargas d’água, eles tinha que serem unidos pelo final do tubo digestivo??? vamos analisar friamente, o primeiro, comeu, depois digeriu, e em seguida vira excremento a comida (até tudo certo), como pode FEZES, alimentar outro ser?????? cara, eu não sou médico, mas não seria mais fácil, abrir o primeiro paciente e “esticar” o intestino do mesmo, passando para os outros, ou coisa do gênero??? acho que assim, faria mais sentido, do que só ligar a boca no c* de alguém… bom acho que é isso…

  9. Assisti ontem esse filme, e é realmente forte. Não tanto pela nojeira, mas pelo terror psicológico a que são submetidas as vítimas, ao se encontrar numa situação altamente degradante e deseperadora. O doutor é um caso a parte, um filho da p**** de primeira, dá ódio em quem está assistindo.

  10. Vendo esse filme acabamos de comer o que a pessoa do meio come….BOSTA !!! Muito Ruím mesmo Tá mais para uma perversão sexual do que um filme de terror…

  11. Olha guimarães, escrevi sobre esse filme no meu blog (que comecei ontem). Poderia dizer que é um humilde blog, e etc… mas a proposta é justamente simplicidade.

    Dá uma olhada lá, se possível me diz o que pensa do meu ponto de vista sobre a obra. E prometo sempre fazer criticas construtivas ao que vc escreve…

    Não dá pra opinar sobre o que vc escreveu aqu,í pq vc foi altamente imparcial…

Deixe uma resposta: