Crítica: Um Olhar do Paraíso

Um Olhar do Paraiso

Antes do seu lançamento, Um Olhar do Paraíso chegou a ser considerado um dos grandes candidatos ao Oscar e também era aguardado como um dos filmes mais interessantes da temporada. Nenhuma promessa em relação a isso se cumpriu. O filme foi mal recebido pelo público estrangeiro e implodido pela crítica.

O longa é baseado no romance Uma Vida Interrompida de Alice Sabold e conta a história de Susie Salmon (Saoirse Ronan), uma garota de 14 anos, que é brutalmente estuprada e morta pelo vizinho serial killer George Harvey, ao voltar da escola. A jovem vai “morar” numa espécie de paraíso/purgatório e de lá observa seu assassino escapar da polícia enquanto planeja matar novamente. Susie tenta equilibrar seu desejo de vingança com a vontade de rever sua família e amigos. No plano terreno, todos sofrem sua perda sem saber como lidar com a dor.

A visão do paraíso proposta por Jackson é bem parecida com a de outro australiano, Vincent Ward, que dirigiu Amor Além da Vida (1998), estrelado por Robin Williams. A garota passa o tempo todo brincando e pulando ao redor das belas paisagens que formam o psicodélico lugar. Nada de útil ocorre nas terras do além. Enquanto, lá embaixo, várias situações clichês acontecem nesse meio tempo.

A morte de Susie cai como um divisor de águas sobre a narrativa, que assume um tom rancoroso. O roteiro – adaptado pelo próprio Peter Jackson, Fran Walsh e Philippa Boyens – transforma-se numa colcha de retalhos, que já foi melhor aproveitada em outras fitas do gênero pós-morte como Além da Eternidade e Ghost. Porém, se no filme com Patrick Swayze e Demi Moore a história mantinha-se em ascendência, preparando novas surpresas a cada tomada, o longa de Jackson, que começou numa onda de ótimo suspense, vai esfriando paulatinamente.

A performance de Stanley Tucci (indicado ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante), apesar de às vezes soar caricata, é que salva o filme em diversos momentos. Irreconhecível por conta do estranho visual, o ator mais uma vez comprova ser extremamente versátil; sua aparição é intrigante e muito magnética.

Justiça seja feita: Um Olhar do Paraíso não corresponde a expectativa criada, tem poucos lampejos de originalidade, mas não precisa ser taxado como uma obra absolutamente descartável. Não é a catástrofe que a crítica anunciou, foi vítima de grandes ambições por conta da equipe do filme e, mais do que tudo, desfavorecido pela ansiedade envolvendo a adaptação do livro. Talvez, se não fosse dirigido por Peter Jackson, não haveriam tantas exigências e cobranças.

(3/5)
Um Olhar do Paraíso (The Lovely Bones)
Estados Unidos, 2009 – 135 min.
Direção: Peter Jackson. Roteiro: Peter Jackson, Fran Walsh e Philippa Boyens.
Elenco: Rachel Weisz, Mark Wahlberg, Saoirse Ronan, Stanley Tucci, Susan Sarandon.

  • Edimar Estevam

    Ainda bem que esse filme saiu ruim. Assim parece que Peter Jackson não desperdiçou talento com um filme que nunca seria um clássica. Ele tem que guardar todo o talento disponível e gastá-lo completamente em O Hobbit. Já pensou se ele faz esse filme ser bom e chega em O Hobbit e faz cagada? Ninguém iria perdoar ele, mesmo sendo o cara que levou LOTR para as telas.

  • Christian Marques

    Acabei de assistir UM OLHAR DO PARAÍSO e ele é simplesmente FENOMENAL. Aliás, todos na sessão LOTADA aplaudiram no fnal. Coisa raríssima de se ver numa sessão de cinema. Esta crítica não condiz com o filme que para mim e para muitos que hoje asistiram aqui em Salvador-Ba sairam entusiasmados e felizes em poder assistir um filme que é uma história de vida e com certeza acrescenta muitas coisas nas nossas vidas. O crítico deveria ler o mínimo de literatura espírita que aí ele iria entender enfim todos os detalhes do filme de A a Z. PARABÉNS Peter Jackson!

  • Rômulo Bittenc

    Assisti o filme ontem, e discordo de todas as críticas q tenho ouvido (ou lido), pois o filme é uma preciosidade. Peter Jackson pode até ter incorporado vícios de suas outras grandes produções, porém, este sem dúvida é seu melhor trabalho! A película consegue ser densa e ao mesmo tempo, lírica. Na verdade, o que os críticos adorariam seria o Tarantino, contando esta história com litros de sangue e violência intolerante, talvez, desta forma, seria considerado uma obra de arte!

    O filme pode ser visto de duas formas: Uma visão cartesiana de que o assassino é apenas um psicopata, ou uma visão espiritual, onde figuras como a do monstro em questão são a síntese do mundo em que
    vivemos: Brutal e com ausência de espiritualidade.

    Se vc acredita em algo mais, vai entender a morte do assassino: Velho, só, a noite e esquecido em um precipicio com o corpo despedaçado! Se vc acha q ele não teve uma morte ruim, pense duas vezes, pois a justiça divina é incompreensível – muitas vezes – aos olhos de pobres mortais como nós!

  • Fábio Ferrari

    Este é um grande filme que aborda questões psicológicas sutis das interrelações, da continuidade da existência.

    Mas certamente causará estranheza para quem está mais acostumado aos assuntos levianos e menos aos questionamentos sobre questões essenciais sobre o sentido da vida.

    É preciso assistir com a mentalidade aberta e sem as preconcepções e condicionamentos culturais distorcedores da percepção mais autêntica da mensagem.

  • jarde vianna velloso

    Achei interessantíssimo o filme, mas saí com a sensação de que ficou faltando uma amarração qualquer, dando-nos, por isso, a impressão de mal acabado.

  • Filme sensacional!!! Quando acabou percebi que estava sem ar e tive que respirar fundo…Muito bom! Descobri que tenho o livro, que minha irmã pegou de minha Madrinha que faleceu há dois anos…Espero que ela tenha lido inteiro; pois nos ensina muitas coisas! Imagens maravilhosas que nos fazem viajar em como incrível deve ser o paraíso!
    Bom, não entendi esse 6,5…Se não acrescentou nada na vida deste indivíduo, para mim foi mais um grande aprendizado!!!!

  • rafaelspitfire

    daria no mínimo um 7.9. é um filme que impressiona, emociona. Aborda um tema pesado e não deixa de ser leve! acho que o Peter Jackson se superou, eu que acompanho o diretor desde os filmes trash como fome animal, me animei muito ao ver o que um ótimo diretor pode fazer com um filme que trás no tema o espiritismo! o filme acrescentou muito a minha alma!

  • Renan

    peraí, esse povo viu o mesmo filme? qq isso, o filme ficou muito aquem do livro e so tem efeito visual, como se fosse uma viagem alucinogena, enfim, filme chato e sem conteudo, respeito a crença de cada um, mas o filme em si foi uma decepção.

  • Ricardo

    O filme é otimo até o momento em que a irma de Susie escapa da casa do assassino. Depois disso o filme vira uma sequencia de retalhos pasteloes de outros filmes. A cena do beijo da susie é chupada de Ghost, e a morte do assassino é tipico de Premoniçao. Na minha opiniao o filme so presta ate o meio.

  • Ivana

    Eu acho que para criticar é preciso saber do que se trata, o filme não é mais clixê como dizem, ele retrata muito bem o Tema rpincipal que é a Vida após a morte, e o que acontece quando as pessoas não descansam, eu particularmente amei..achei perfeito…todo mundo sempre perdem o seu tempo vendo o lado negativo e se prendendo a minimos detalhes e não olha a mensagem muito forte que o filme tem.

  • mh

    affffffffffffffffffffffffff o filme é exelente chorei mais que tudo vey vai se………………..lindo filme assisti com papai e foi perfeito

  • Giovana

    Gostei de algumas partes do filme, principalmente sobre amor, perdão e odio. É muito marcante, não entendo perfertamente sobre cinema, mas acho muito nada a ver as imagens psicodelicas dela neste espaço entre o céu e a terra, é tão estranho e surreal que dá medo rsrs, e o final do cara podia ter o final obvio dele sendo preso e tudo mais que seria bem melhor, mas se a proposta do filme não era essa fazer oque, tempo perdido neste sentido mesmo.

  • gisele

    vi o filme na semana passada,achei o filme maravilhoso.
    porém tenho que ressaltar que o roteiro desfavoreceu por completo a participação da mae na historia,uma bela atriz, que poderia ter acrescentado muito mais ao filme.
    o filme é angustiante, tenso,e tem a proposta do perdão,isso é que faz tudo ser aceitavel.

  • Lovely Bones é fraco. A história é sensacional, mas Jackson não soube descrevê-la em imagens. Aliás, até mesmo as imagens, tanto comentadas, são um tanto over. Uma pena. Só nos resta imaginar o filme nas mãos de Fincher, Forster ou Nolan.

  • Gabriel

    O filme é exelente, independente de questões religiosas e pontos de vista, com toda a certeza essa crítica demonstra mais uma vez que certas pessoas tendem sempre a reprovar tudo que não seja extremamente cult ou underground, se é produção de holiwood é lixo, e não é bem assim. É preciso no mínimo um pouco de bom senso ao analizar uma obra, e criar discussões intermináveis sobre um filme é típico de pseudo intelectuais, sinceramente tenho pena desse tipo de gente que perde tempo criticando ao inves de simplesmente "curtir". Se não gostou tudo bem, agora "querer achar cabelo em ovo" é muita ignorancia mesmo. E nessas "críticas" não pode faltar as frases que dizem "o filme é repleto de clichês" e "não foi fiel a adaptação da obra". A vida de todos não é um clichê, ora, isso é uma obra de ficção, apenas aprecie.

    • Garanto que se esse filme não tivesse um cunho espiritual, eu certamente não ouviria baboseiras como essa.

  • Carol

    Concordo com o comentário do Gabriel, e acredito que não se referia ao cunho espiritual caro 'Getro'. Com certeza existem filmes que pode ser considerados 'lixo' por unanimidade, mas não é o caso de 'um olhar do paraíso', e antes que você afirme qualquer inverdade eu não sou religiosa ou espírita. Acho que pessoas como você apenas buscam espaço se apoiando em críticas por não conseguirem fazer algo importante para ser notado.

    • Nada disso, Carol! Voce estava levando sua opinião sobre o filme para o lado pessoal. Filmes seguem fórmulas. Se você vê poucos, eles te convencem. Se você vê muitos, tem um comparativo entre os melhores.

      A nota é 6,5. Longe de ser um "lixo", termo inclusive, que não utilizei. Vá ler o livro e compare com o trabalho de Peter Jackson.

      Já estou começando a ficar com pena de mim mesmo que preciso falar mal de um filme para ser notado…

  • Camila

    assisti esse filme ontem, e ele é simplismente magnifico! mas só para quem acredita no que não se vê com os olhos, mas sim com a alma. É um dos melhores que ja assisti até hoje, e descordo completamente do critico!. Nesse filme é tudo lindo e maluco ao mesmo tempo. Lindo, emocionante, terrivel, angustiante .. um redemoinho de sensações inacreditavel.

  • Leo

    Tinha tudo pra ser … mas não foi ! rsss… Filme chato.

  • ana paula

    este filme foi muito emocionate adorei mesmo

  • Douglas Souza

    é o melhor filme que eu já vi em toda minha vida! Vale a pena! ;D

  • Gisele

    O filme é lindo. A história foi retratada de forma leve e reflexiva. Confesso q quando acabou o filme eu estava sem fôlego e passei bons longos minutos calada e pensativa e me dei conta q essa história também tem um pouco de "a vida continua apesar dos pesares", por mais q uma tragédia assole nossas vidas, no fim das contas a vida continua, mesmo q nunca mais possamos voltar a ser os mesmos, mas ainda sim a vida continua e no filme a protagonista quando se dá conta disso, que a família estava tocando suas vidas, ela consegue se libertar e finalmente ir para o 'paraíso'.

  • natali trajano andra

    eu adorei o filme ele aborda um tema muito legal a vida apos a morte eu acho que esse file merece nota 10 porem se a pessoa der qualquer nota esta sendo pouca porque esse filme e maravilhoso e qualquer nota e pouco para um olhar no paraiso nao posso dizer que e o melhor filme que eu va vi na minha vida se nao vou estar exagerando muito mas e um filme muito bom eu recomendo para todas as idades vao adorar essa linda historia.

  • Izaldo Carvalho

    A opinião de Rômulo Bittencourt Pereira é perfeita. O filme é uma preciosidade. Algo emocionante. Rômulo, na cena em que Susie "vive" todas as fantasias adolescentes, temos a belíssima música de Brian Eno…busque a tradução.

  • Horácio

    muito bom…somente o final q não me agradou…meio estranho..mas, interessante a Historia..

  • Fernando

    Perfeito,maravilhoso.Acho q as pessoas esperavam o final classico, da justiça sendo feita de forma integral.Mas não esqueçamos q a vida é assim mesmo.Essa sensação de q faltou alguma coisa retrata bem a vida real.Sempre fica faltando.Assim é q é.Acho q até nisso foram competentes.A mensagem foi muito bem passada.Chorei muito.Realmente gostei bastante

  • Divo

    Pregou o perdão.
    As pessoas só pensam em vingança, assim como as críticas!

  • RAPHAEL TRAVASSOS

    O filme, sim, tem defeitos, mas as qualidades os suplantam. Compará-lo com "Além da Eternidade", é dose. O filme é horrível! No IMDB, "Um Olhar no Paraíso" tem 3 estrelas e meia, o que não é nada ruim.

  • Marina

    Minha opinião é extremamente pessoal, mas, de qualquer forma, achei o filme muito lindo, muito emocionante e um dos melhores que eu já assisti.

    Como já disseram, é um filme pra se ver não só com os olhos, mas com a alma. Apesar de você acreditar que nada de útil acontecia no "além", eu penso o contrário. O conflito que a menina vivia, de aceitar sua morte, vingar-se ou simplesmente seguir em frente nos leva a uma grande reflexão. As cenas "psicodélicas" são justificadas por esse conflito.

    Como já li em outro canto, geralmente quem se decepciona com o filme é por querer a mesma vingança que a história ensina a rejeitar, enquanto nos mostra a bondade e o perdão.

    A única coisa que não gostei foi a morte do assassino daquela forma. Pareceu que aquilo foi feito para não deixar as pessoas tristinhas porque ele iria se dar bem.

  • Caroline Santana

    esse filme é lindo e fez eu ver o mundo de outra forma. Gente ele é mt lindoo achei d++ quem comcorda bjss…………….fuiii a e se alguem sober o twitter dessa atriz me diz!

  • Jane

    O filme é muito bom… lindo e suave… aborda um tema pesado e consegue passar de forma lírica, nos emocionando.

    a vida continua e o filme traz esta proposta da realidade.
    a justiça dos homens não se fez presente para prender o assassino…Mais a divida estava o tempo todo presente.

    discordo que a morte de Susie se tornou rancorosa..

    A morte da filha alegre, amorosa, carinhosa e linda trouxe uma dor aguda para a família ao ponto da inconformação muito bem expressa nos sentimentos do pai e da mãe e da irmã caçula.

    Ela não passa o tempo todo brincando.. ela vive no além como uma criança qual foi na terra mesmo nas oras de reflexão da jovem traduzidas em paisagens lindas, podemos observar sua inocência e pureza da alma… trazendo o espectador a reflexão.

  • rayane

    Oi filme foi muito bem elaborado, tem um ótimo roteiro. Aborda o tema , da vida após a morte e sofrimentos na vida , e na terra . Muito interessante tais assuntos, pois nem só quem gosta deles, mas também quem tem curiosidade sobre os assuntos. Adorei ver , agora fico atenta tudo , {risos} , e já em ligo em tudo o que rola na vizinhança. Me fez lembrar de casos que aconteceram com amigos, e vizinhos .
    O Filme nos faz olhar para as coisas de outra forma, além de ficarmos atentos a todos e a tudo, e também como seria perder alguém que amamos muito e como seria a'' vida'' dela depois da morte !

    Amei , estou passando em diante o filme , vale a pena !

  • Bem cada um tem sua opinião sobre o filme mais para mim fezz até eu chorar o filme e muito bonito faz para todos nóis tomar cuidado com pessoas estranhas e etc.., bem em fim foi o melhor filme que eu ja assistir em toda minha vida.

    Ameii

  • Anderson

    O melhor drama que já assisti, com certeza mudou minha vida, otimo.

  • Alessandro

    O filme é razoavel, a história é boa ,mas alguma coisas acabam estragrando o filme:
    efeitos visuais em demasia, a parte do beijo da menina morta no cara, o jeito que morreu o assassino muito bizarro.
    O filme te prende até certa parte, mas o desfecho fica cansativo

  • kaka

    EU GOSTEI DO FILME E TO ASSISTINDO ELE AGORA, ACHEI TRISTE, MUITO TRISTE, MAIS A HISTORIA É BEM INTERESSANTE, TAVA IMAGINANDO QUE SE ALGUM DIA TIVESSE UMA FILHA, E ISSO VIESSE A ACONTECER COM ELA, NOSSA EU IRIA ATÉ O INFERNO, MAIS EU FARIA ESSE CARA PAGAR POR TODA A DOR CAUSADA NA MINHA FILHA –'
    EM PENSAR QUE NO MUNDO REALMENTE EXISTEM MILHOES DE PESSOAS ASSIM, NOSSA QUE FODA!

    QUANDO MINHA MÃE DISSER NUNCA FALE COM ESTRANHOS, OU NUNCA VA A CASA DE QUEM VC NÃO CONHECE O SUFICIENTE PARA IR ATÉ LÁ, VOU OUVIR SEM NEM QUESTIONAR!

  • Danilo

    Que Tédio!
    Filme chato..

    • luiz

      OI FOI O FILME INTERSSANTE QUE ASSISTI EMTODA MINHA VIDA

  • E..

    Os melhores trabalhos do Peter Jackson, pra mim, são os filmes trash de início de carreira. Hehehehe

    Esse eu também não achei uma catástrofe, uma bomba atômica etc., mas também não atendeu as minhas expectativas. É um filme bem fraquinho e aquém do potencial desse cineasta.

    O paraíso mostrado no filme é um dos pontos mais fracos da película, soa muito forçado, um uso extremo de CGI que deu um ar de artificialidade muito grande, sem contar que numa cena que passa um pouco depois de sua morte, que mostra várias imagens juntas nesse tal paraíso, soa até cafona.

    Spoiler:
    E uma das melhores cenas do filme, é a que a irmã da falecida invade a casa do visinho, que ela suspeita ser o algoz de sua irmã, pra procurar provas. Ela vasculha tudo que tem direito e acha escondido por baixo dos tacos da casa uma espécie de álbum, que contém desenhos e uma foto de sua irmã com uma mecha de cabelo ao lado, até que, de repente, o dito cujo chega a casa e percebe que há algo errado. Com todo cuidado, enquanto a câmera foca no dono da casa, a garota tenta cuidadosamente colocar de volta o taco no chão, e a câmera volta nela, tudo isso sem trilha alguma, até que o homem escuta um barulho vindo de onde a garota está e sobe correndo pra ver o que está acontecendo.
    Fim do Spoiler

    Cena muito tensa e muito bem dirigida.

    Enfim, não curti muito, achei muito fraquinho, acho que é o tipo de filme pra ser assistido apenas uma vez. Se fosse pra eu dar uma nota, acho que daria 2/5.

  • boberta lele

    eu achei esse filme super massa!

  • Clayton André

    Realmente esse filme é um porre. Não se trata só da externação do desejo pedófilo inconsciente de um autor mas de um filme com roteiro arrastado, ruim, cansativo e que não tem ápice algum. Massante, o filme é uma repetição de clichês e´uma ode à tragédia humana dos serial killers, se tem que ache isso interessante preferível perder tempo lendo o livro de Sebold, que não deixa de ser patético também, mas pelo menos cansa menos os olhos.

  • JOÃO DOMINGOS

    EU AINDA NÃO ASSISTIR A ESSE FILME, MAS UMA COISA É CERTA O TARANTINO PODE FAZER QUALQUER MERDA QUE O" OS CRÍTICOS " VÃO APLAUDIR. PRINCIPALMENTE OS BRASILEIROS QUE VIVEM BABANDO NO OVO DELE .

    • O “problema”, João, é que ele ainda não fez…

  • lidiane

    sou apaixonada com esse filme 😀

  • zelia maria

    eu acho esse filme muito lindo,nota1000000000 e 6,5 é pouco, bonitão!

  • Assisti a esse filme hoje na FOX e adorei, chorei também…. Muito reflexivo e cai bem nesse tempo de pedofilia serve como alerta aos pais e aos adolescentes. A reflexão sobre morte e vida também é interessante, os efeitos especiais do céu o tornam como um sonho, pode ser exagerado, mas quem nunca sonhou com sua própria morte e se viu em céu daquela forma?! . A atriz principal merecia um prêmio por sua interpretação comovente que nos mantém presos à trama do início ao fim!

  • Ana

    Um disperdicio na mão desse diretor, exagerado nas fotografias e cenários pscodéricos aboliram completamente a sutileza e a simplicidade do livro. Exagerado demais para algo que deveria ser mais sutil.
    Boa atuação da atriz que nos envolve nas suas questões inacabadas do plano terrestre.
    Pessoal, assistam mais filmes do genero para ter parametros. O filme não é ruim, mas todos que entedem um minino de pelicula sabe que foi EXAGERADO demais nas cenas do plano espiritual.